08:59 18 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 02
    Nos siga no

    A Comissão Europeia divulgou nesta segunda-feira (18) que há progressos nas negociações da Grécia com seus credores sobre mais financiamento, mas que o ritmo é lento e mais esforços seriam necessários para que haja um acordo.

    O porta-voz da Comissão Euroepeia, Margaritis Schinas, afirmou que é preciso mais tempo e empenho para “superar as diferenças nas questões que permanecem abertas”. Ele afirmou que o organismo saúda o compromisso das autoridades gregas de acelerar os trabalhos com as instituições para se chegar a uma revisão dos acordos dentro de um prazo adequado.

    Na sexta-feira (15), o primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, afirmou que o governo não abandonará sua posição de recusa ao corte de salários e pensões para obter um novo pacote de ajuda financeira internacional. Ele destacou que as pessoas não devem achar que a resistência grega esmorecerá com o tempo.

    Tsipras explicou que a Grécia quer um acordo que traga desenvolvimento, com base em quatro pilares: superávit primário baixo, renúncia a novas medidas de corte, reestruturação da dívida e um projeto de investimentos para promover o crescimento. De acordo com ele, demandas que impliquem na desregulamentação do mercado de trabalho do país não serão aceitas.

    O premiê grego salientou que o país tem sobrevivido sem ajuda desde agosto de 2014, uma vez que não recebeu os € 7,2 bilhões ainda pendentes do segundo resgate oferecido pela União Europeia e pelo FMI. Ainda assim, segundo ele, a Grécia cumpre todas as suas obrigações.

    Tags:
    economia, medidas, empréstimo, acordo, negociações, FMI, Comissão Europeia, União Europeia, Alexis Tsipras, Europa, Grécia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar