08:26 21 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Pyotr Poroshenko, presidente da Ucrânia

    Poroshenko condiciona a realização de eleições em Donbass à trégua e retirada de armas

    © Sputnik / Nikolai Lazarenko
    Mundo
    URL curta
    0 219
    Nos siga no

    Eleições locais na autoproclamada República Popular de Donetsk só serão realizadas caso o cessar-fogo e uma retirada completa das armas pesadas aconteçam, disse o presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko.

    "Iniciar o diálogo sobre o modo pelo qual as eleições locais seriam realizadas será possível somente após o cessar-fogo completo e a retirada do armamento pesado, verificado pela OSCE", disse o presidente após se reunir com representantes de Kiev em subgrupos do Grupo de Contato para Donbass.

    De acordo com um comunicado no site do presidente, além de Poroshenko a reunião contava com a presença do Primeiro Ministro ucraniano Arseniy Yatsenyuk e do secretário do Conselho Nacional de Segurança e Defesa da Ucrânia Alexander Turchinov. 

    Foram abordados pontos da agenda, em particular, discutiu-se a troca de prisioneiros e a coordenação com organizações internacionais para fornecer ajuda humanitária à Donbass. Poroshenko também salientou a importância de recuperar o controle sobre a fronteira russo-ucraniana.

    A solução para a situação em Donbass é debatida em diversos formatos, incluindo as reuniões do Grupo de Contato (composto por Rússia, Ucrânia e OSCE) em Minsk desde setembro de 2014,onde foram aprovados três documentos que determinam as medidas para neutralizar o conflito.

    O documento final de 12 de fevereiro estabelece, nomeadamente, o cessar-fogo, a retirada das armas pesadas e a criação de uma zona de segurança. No entanto nem todos os pontos estão sendo plenamente cumpridos, especialmente o que trata da trégua.

    As partes do conflito seguem trocando acusações de a terem infringido.

    De acordo com os resultados da reunião do último Grupo de Contato de 6 de maio, os participantes conseguiram formar quatro subgrupos de trabalho sobre aspectos específicos da resolução do conflito: segurança, assuntos políticos, assuntos econômicos e os problemas dos refugiados.

    Mais:

    Kremlin refuta acusações de Poroshenko sobre tropas russas na Ucrânia
    McCain nega nomeação como assessor presidencial na Ucrânia
    Ocidente usa Twitter para tentar provar culpa de Putin no conflito na Ucrânia
    Donbass propõe proibir constitucionalmente entrada da Ucrânia na OTAN
    Tags:
    cessar-fogo, eleições, Pyotr Poroshenko, Pyotr Poroshenko, RPD, Donbass, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar