19:19 17 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Informações ocidentais sobre as tropas russas perto de fronteira ucraniana são falsas, disse o Ministério da Defesa

    General da OTAN: Rússia nunca violou fronteiras da UE

    © AP Photo / Sergei Grits
    Mundo
    URL curta
    1391
    Nos siga no

    A Rússia nunca violou as fronteiras de qualquer país durante manobras militares, declarou o general alemão na reserva Harald Kujat ao site de notícias Web.de.

    Durante a entrevista ao site alemão, o ex-militar da OTAN disse que a Rússia sempre se manteve no espaço aéreo internacional ou águas internacionais quando realiza exercícios ou manobras militares.

    Ele fez a declaração ao comentar a situação em torno do alegado aumento da atividade militar da Rússia perto das fronteiras de vários países europeus.

    Segundo ele, a Rússia está a tentar mostrar que "estamos aqui de novo" em termos militares e que deve ser levada a sério. Ao mesmo tempo, Kujat acrescentou que Moscovo não planeja atacar qualquer país europeu:

    "Gostaria de enfatizar que a Rússia não atravessa qualquer fronteira. O exército russo sempre se manteve no espaço aéreo internacional ou águas internacionais. O confronto aberto está fora dos planos [do presidente] Putin".

    Ele também disse que o reforço das tropas da OTAN não é uma ameaça para a Rússia.

    "Ninguém quer uma solução militar", disse Kujat, referindo-se às ações "moderadas" da OTAN.

    O general também alertou para o fato que de uma possível guerra com a Rússia pode vir a ser uma "catástrofe do século XXI". Segundo ele, tal opção deve ser excluída.

    Kujat também descartou a intenção da Ucrânia de se juntar à OTAN "a médio ou longo prazo" devido a uma série de razões, incluindo a situação interna no país e o alto nível de corrupção.

    Em fevereiro de 2015, Kujat já havia comentado a situação em torno do conflito ucraniano em uma entrevista à emissora pública alemã ARD. Em particular, ele rejeitou as alegações de haver tropas russas envolvidas nas hostilidades no leste da Ucrânia.

    Tags:
    declaração, fronteira, OTAN, União Europeia, Europa, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar