12:56 02 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 131
    Nos siga no

    O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, criticou nesta sexta-feira, 15 de maio, Israel por expandir a colonização nos territórios ocupados da Cisjordânia e Jerusalém-Leste, recordando que isso é ilegal segundo o direito internacional.

    “O secretário-geral lamenta profundamente a continuação da colonização por parte das autoridades israelenses”, disse, em comunicado, um porta-voz de Ban Ki-moon. O  secretário-geral da ONU reiterou que as colonizações são “ilegais sob a legislação internacional” e apelou ao governo de Israel para que “pare e anule este tipo de decisões”.

    A comunidade internacional, recordou, “não vai reconhecer ações unilaterais sobre o terreno” e insistiu que o estatuto de Jerusalém “só pode ser resolvido por meio de negociações”.

    Nos últimos dias, a União Europeia também solicitou a Israel para que recuasse na sua intenção de aumentar a colonização, por considerar que ameaça a solução dos dois Estados e gera dúvidas sobre a autenticidade do seu compromisso em negociar um acordo com os palestinos, informou Agência Brasil.


    Tags:
    ONU, Ban Ki-moon, União Europeia, Palestina, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar