04:57 26 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 92
    Nos siga no

    A União de Nações Sul-americanas (Unasul) espera que o governo da Venezuela marque a data das eleições legislativas o mais breve possível, afirmou esta terça-feira, 12 de maio, o secretário-geral do orgão, Ernesto Samper.

    “Precisamos que seja marcada a data exata, pois, por enquanto, só informaram que será no último trimestre. Para termos tempo de enviar uma missão para acompanhar o processo eleitoral, precisamos da data exata”, explicou Samper.

    Em visita de três dias ao Brasil, Ernesto Samper esteve à tarde no Instituto Sul-Americano de Governo em Saúde (Isags), no centro do Rio de Janeiro, de modo a firmar parcerias e traçar estratégias na área da saúde na região.

    Samper também reafirmou que a Unsaul insiste na intervenção da Cruz Vermelha Internacional para analisar a situação dos oposicionistas presos na Venezuela. 

    Na segunda-feira, em Brasília, ele se reuniu com ministros e representantes de organismos brasileiros para tratar de assuntos nas áreas de educação, saúde e integração produtiva. Samper adiantou que foram discutidas formas para tirar do papel sete projetos regionais prioritários, como o Ferrovia Interoceânica, entre Paranaguá, no Paraná, e Antofagasta, na Argentina, informou Agência Brasil.

    Criada em 2008, a Unasul é um organismo formado pelos 12 países da América do Sul. O objetivo é construir, de maneira participativa e consensual, um espaço de articulação no âmbito cultural, social, econômico e político.


    Mais:

    Rússia e Brasil solidarizam-se com Venezuela
    Unasul decide mediar diálogo com os EUA sobre sanções à Venezuela
    Unasul: sanções unilaterais dos EUA contra a Venezuela afetam estabilidade da região
    Tags:
    Venezuela, Brasil, Argentina, Ernesto Samper, Unasul
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar