01:14 23 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Um militar da Força Aérea da Índia socorre uma criança no Nepal.

    Mídias ocidentais usam terremoto para indispor Nepal e Índia

    © AP Photo/ Altaf Qadri
    Mundo
    URL curta
    0 31813

    Os jornalistas indianos consideram injustas as acusações de colegas ocidentais que os culpam de buscar sensacionalismo em vez de verdadeira assistência às vítimas do terremoto no Nepal, escreve o famoso jornalista e analista indiano Vinay Shukla.

    “Os canais de TV indianos estão cheios de relatos sobre os esforços do governo Modi para ajudar o Nepal. Mas os nossos ‘ideais’ – a BBC e a CNN — ignoram esses fatos. Eles enfatizam a dimensão da ajuda dos Estados Unidos, Grã-Bretanha, Cruz Vermelha, China, Sri Lanka e Paquistão. Mas não querem admitir o nosso papel. Isso se parece com a atitude do Ocidente para com a Rússia”, escreve Shukla.

    A concorrência entre os jornalistas estrangeiros para obter notícias sobre a tragédia no Nepal causou indignação de parte da população local e acusações de sensacionalismo e arrogância. Os jornalistas indianos eram os principais visados,  usuários nepaleses até criaram no Twitter o hashtag #GoHomeIndianMedia.

    Entretanto, eles foram os primeiros a conseguir mostrar ao mundo a dimensão da tragédia do Nepal, e, segundo Shukla, não entendem por que razão as mídias ocidentais tendem a discutir a busca de sensacionalismo, mas se calam sobre o papel da Índia, que foi a primeira a ajudar os vizinhos.

    Segundo o relatório da ONU, o terremoto no Nepal afetou um total de 8,1 milhões de pessoas em 39 regiões das 75 do país. No local da tragédia trabalham socorristas de vários países, mas, segundo os relatos, o processo é demorado por causa da incapacidade das autoridades do Nepal de organizar e coordenar sem atrasos burocráticos os esforços conjuntos. Além disso, o governo nepalês e representantes de organizações internacionais se acusam mutuamente de confusão e atrasos na entrega da assistência necessária para as vítimas do terremoto.

    Tags:
    mídia, jornalistas, terremoto, Índia, Nepal
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik