12:50 19 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 09
    Nos siga no

    Vários grupos rebeldes conservadores da Síria lançaram, nesta quinta-feira, uma nova ofensiva contra as forças do governo no noroeste do país, menos de um mês após tomar o controle da capital provincial da região.

    As facções islâmicas, incluindo a Frente Nusra, afiliada à Al-Qaeda, estão coordenando uma campanha cujo alvo parece ser a cidade de Jisr al-Shughour, na província de Idlib.

    Os combatentes da oposição também atacam postos de controle do governo, bem como instalações militares próximas, segundo informa a Agência Estado. A operação mantém a pressão sobre as forças do governo na área, poucas semanas após os rebeldes capturarem Idlib, capital da província de mesmo nome. Forças leais ao presidente Bashar Assad mantêm o controle de Jisr al-Shughour, bem como de cidades e bases militares na província, mas o cenário parece cada vez mais delicado.

    Os grupos de oposição divulgaram um comunicado na internet no fim da quarta-feira, anunciando o início da operação, chamada por eles de "Batalha da Vitória". O Observatório Sírio pelos Direitos Humanos afirmou nesta quinta que os rebeldes já tomaram cinco postos de controle desde o início da ofensiva, incluindo dois próximos de Jisr al-Shugour, em confrontos que deixaram pelo menos oito rebeldes mortos e um número não determinado de baixas entre as tropas do governo. 

    Mais:

    Palestinos que combatem Estado Islâmico tentam recuperar campo de refugiados da Síria
    União Europeia acredita que até 6 mil europeus se juntaram a grupos islâmicos na Síria
    Conversas de paz sobre Síria terminam sem solução
    Tags:
    guerra civil, ataques, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar