11:52 11 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 63
    Nos siga no

    A família de Michael Brown, o jovem de 18 anos morto por um policial branco no ano passado em Ferguson, decidiu abrir um processo contra a cidade pela morte por negligência. A informação foi confirmada pelos advogados da família Brown durante uma coletiva de imprensa nesta quinta-feira, 23.

    De acordo com um dos advogados, Lesley McSpadden, citado pela mídia local, o pedido irá mencionar o oficial Darren Wilson, que atirou no jovem. 

    No dia 9 de agosto de 2014, Michael Brown, de 18 anos, morreu após ser atingido por seis tiros disparados por um policial, dois deles na cabeça, quando estava desarmado.

    A morte de Brown levou a uma onda de protestos que colocaram em evidência o movimento "vidas negras importam", e reacendeu o debate em torno da discriminação racial nos EUA. 

    O jovem de 18 anos foi morto a tiros por Darren Wilson, um policial branco de Ferguson, em 09 de agosto de 2014. Em novembro do ano passado, um júri decidiu não indiciar Wilson pela morte de Brown, gerando manifestações em todo o país contra o racismo e a brutalidade policial.

    Mais:

    Jornalistas processam polícia por obstrução da cobertura dos protestos em Ferguson
    Moradores de Ferguson rezam com velas acesas por policiais feridos
    Novos tumultos em Ferguson resultam em tiroteio contra policiais
    Tags:
    protestos, polícia, racismo, Michael Brown, Ferguson, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar