14:49 15 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    BRICS: organização do futuro (189)
    0 132
    Nos siga no

    Na última terça-feira, foi realizada em Moscou uma grande reunião com representantes dos cinco países que compõem o grupo do BRICS para discutir estratégias de promoção do e-commerce, o comércio eletrônico, de compartilhamento de documentos eletrônicos e de proteção a dados pessoais na rede.

    Em discurso durante o evento, que contou com a participação de especialistas, agentes governamentais e empresários de Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, o vice-ministro russo do Desenvolvimento Econômico, Aleksei Likhachyov, lembrou que o primeiro encontro já realizado sobre esse tema, na história do BRICS, aconteceu por iniciativa russa. Segundo ele, a ideia principal em torno dessas discussões é a de se criar condições para um comércio eletrônico livre de barreiras entre os países do bloco e, no futuro, criar um espaço único de comércio eletrônico com padrões tecnológicos e bases de regulamentação comuns. 

    Para Likhachyov, as trocas comerciais entre os BRICS não crescerão de maneira significativa sem ferramentas de e-commerce remotamente acessíveis. 

    "Nossos países estão separados por grandes distâncias, então precisamos fazer o possível para criar condições mais confortáveis e superar as dificuldades territoriais para os nossos investidores". 

    De acordo com o vice-ministro russo, a Rússia possui um dos mercados eletrônicos mais desenvolvidos em termos de atendimento a demandas municipais e federal, e essa experiência pode e deve ser compartilhada com os outros membros do BRICS. No ano passado, segundo ele, o número de aquisições públicas realizadas por leilão eletrônico no país cresceu cerca de 50% em relação a 2013, chegando a 140 bilhões de dólares.


    Tema:
    BRICS: organização do futuro (189)

    Mais:

    Brasil despenca em ranking de comércio eletrônico e Rússia sobe cinco posições
    Tags:
    comércio eletrônico, e-commerce, BRICS, Alexei Likhachyov, África do Sul, Índia, China, Moscou, Rússia, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar