12:23 23 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    0 122
    Nos siga no

    Os Estados Unidos serão representados pelo embaixador John Tefft nas celebrações do Dia da Vitória em Moscou, no próximo dia 9 de maio, segundo informou hoje o Departamento de Estado dos EUA.

    Dezenas de chefes de Estado e autoridades internacionais já confirmaram que irão à capital russa para as festividades dos 70 anos da vitória sobre a Alemanha Nazista na Segunda Guerra Mundial.

    Nesta quinta-feira, também confirmou sua presença a diretora-geral da UNESCO, Irina Bokova, dizendo que o evento tem uma importância especial para a preservação da memória histórica e que, para a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, terá um significado ainda mais especial, já que esta também comemora os 70 de sua fundação em 2015.

    "A UNESCO foi criada para difundir os princípios do humanismo. Esta ideia era importante há 70 anos, e ainda é relevante hoje”, disse ela. 

    Entretanto, ignorando os princípios que reunirão pessoas de diversos países na Rússia no próximo dia 9, a Ucrânia ameaçou nesta semana todos os governos que enviarem representantes para celebrar essa importante data em solo russo. Através do Ministério das Relações Exteriores, Kiev alertou que os Estados que mandarem representantes para a Rússia nesse dia criarão problemas para as relações bilaterais com a Ucrânia, já que tal atitude representaria um apoio a um regime considerado agressor pelas autoridades ucranianas. 

    Em resposta, a chancelaria russa descreveu o comportamento ucraniano como cínico e descarado, e acusou o país vizinho de tentar falsificar a história e lançar uma sombra sobre a grande vitória do povo soviético, que contribuiu de forma decisiva para a luta contra o nazismo durante a Segunda Guerra Mundial. 

    Mais:

    Moscou: opinião de Kiev sobre o Dia da Vitória na Rússia é “blasfema, cínica e descarada”
    Diretora da UNESCO participará da comemoração dos 70 anos do Dia da Vitória em Moscou
    Putin propõe projeto de anistia para os 70 anos do Dia da Vitória
    26 chefes de Estado confirmaram presença na comemoração dos 70 anos do Dia da Vitória
    Tags:
    Rússia, EUA, Kiev, Irina Bokova, UNESCO, Segunda Guerra Mundial, Dia da Vitória, nazismo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar