21:44 24 Julho 2017
Ouvir Rádio
    Soldados do exército dos EUA em Latvia participam da Operação Atlantic Resolve da OTAN

    Ex-general dos EUA quer aproximar bases americanas do Kremlin

    © REUTERS/ Ints Kalnins
    Mundo
    URL curta
    0 1354236

    O Ocidente tem de reconhecer que o problema da segurança europeia não está mais concentrado na Europa Central, a ameaça se deslocou para o leste é preciso acompanhá-la, disse ao canal Fox News o analista e ex-general norte-americano Jack Keane.

    Na opinião dele, as sanções antirrussas não minam a autoridade do Kremlin, mas, ao contrário, apenas a fortalecem. Os exercícios militares conjuntos nos países Bálticos não permitem demonstrar que a Europa está protegida do leste. São precisos passos mais decisivos, disse o ex-general. 

    Na opinião dele, é necessário deslocar as bases aéreas e do exército da Alemanha Central e de outros países, onde estão atualmente, para a Europa Oriental. Isto implica custos, mas eles são perfeitamente justificados, pois desta forma os Estados Unidos vão mostrar claramente que os países bálticos e a Polónia são importantes para os EUA e o Ocidente. 

    Keane não sabe quanto isso vai custar para os contribuintes americanos mas está convencido que os custos não serão um impedimento. “Assim, vamos enviar um sinal forte para a Rússia de que a situação da segurança na Europa mudou definitivamente”, disse.

    Tags:
    tropas, Defesa, Europa, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik