07:53 17 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Presidente dos EUA Barack Obama

    Obama: aparecimento do EI é resultado das ações dos EUA no Oriente Médio

    © Sputnik/ Vladimir Astapkovich
    Mundo
    URL curta
    1189

    O presidente dos EUA, Barack Obama, falou sobre as origens do grupo terrorista Estado islâmico. Segundo ele, o aparecimento do EI é “consequência não intencional” da invasão do Iraque em 2003 e da política dos EUA.

    Estado Islâmico
    © East News/ Balkis Press / ABACA/EAST NEWS
    “O Estado Islâmico é um ramo do Al-Qaeda no Iraque, que tem crescido como resultado da nossa invasão. E isso é um exemplo de consequências não intencionais”, disse Obama em entrevista ao canal de televisão Vice News.

    O presidente norte-americano diz que está confiante no sucesso da coalizão antiterrorista liderada por Washington. Na opinião dele, ela conseguirá “lentamente bater o EI do Iraque”. Ao mesmo tempo, disse ele, só há uma maneira de derrotar completamente os movimentos extremistas – apostar na diplomacia, no desenvolvimento e na educação dos jovens.

    “Eu estou preocupado que, mesmo que vençamos o EI, o problema fundamental é o descontentamento sunita em todo o mundo. Em algumas regiões, incluindo a Líbia e o Iêmen, onde os jovens não têm acesso à educação e não têm perspectivas, há uma única maneira de obter reconhecimento, poder e respeito — se tornar um jihadista… Não podemos continuar a pensar na luta contra o terrorismo sem levar em conta a diplomacia, o desenvolvimento, a educação”, disse o presidente.

    Tags:
    Estado Islâmico, Barack Obama, Síria, Iraque, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik