21:44 24 Julho 2017
Ouvir Rádio
    Soldado norte-americano supervisiona um regimento afegão

    EUA devem aumentar o contingente militar no Afeganistão em 2015

    © flickr.com/ The U.S. Army
    Mundo
    URL curta
    Afeganistão entre OTAN e Talibã (109)
    0 742014

    Obama enfrenta dificuldades para cumprir a promessa de encerrar a guerra no país.

    O governo norte-americano pretende abandonar os planos de reduzir o número de tropas em território afegão para 5,5 mil soldados até o fim de 2015. A mudança marca um recuo de Barack Obama ante a pressão de líderes militares que querem manter mais tropas no país. A informação foi confirmada por autoridades do governo que não puderam se identificar.

    Ainda não há decisão final sobre a redução do número de soldados mas a administração deve desacelerar o plano para a retirada das tropas e provavelmente permitirá que 9,8 mil agentes ativos no Afeganistão até o próximo ano. Também está em discussão a manutenção dos soldados focados em ações antiterrorismo em 2015, incluindo opções de mantê-los no país ou em regiões próximas depois de 2016.

    Atualmente, 2 mil soldados norte-americanos conduzem missões antiterrorismo e líderes militares defendem que eles precisam continuar perseguindo ex-integrantes da Al-Qaeda e monitorando as ações de recrutamento do grupo Estado Islâmico no Afeganistão.

    Obama, que também se comprometeu a encerrar a guerra no Iraque, enviou soldados de volta ao país para ajudar as forças locais a enfrentar os militantes do Estado Islâmico.

    fonte: Estadão Conteudo

    Tema:
    Afeganistão entre OTAN e Talibã (109)
    Tags:
    Exército, Al-Qaeda, Estado Islâmico, Iraque, Afeganistão, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik