23:42 15 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Kristina Kirchner, presidente da Argentina

    Argentina: declarações dos EUA sobre ameaça da Venezuela são absurdas

    © AFP 2017/ ALEJANDRO PAGNI
    Mundo
    URL curta
    0 426

    Argentina qualificou as declarações de Washington, em que se afirmava que a situação na Venezuela ameaça a segurança nacional e a política externa dos Estados Unidos, como absurdas e injustas, disse o Ministério das Relações Exteriores da Argentina.

    Segundo o ministério, a gravidade das acusações e formulações rígidas, que parecem ameaças, causa perplexidade do governo argentino. 

    "Acusações de que Venezuela ou qualquer outro país sul-americano possa ser uma ameaça para a segurança nacional dos EUA, parecem absolutamente incríveis mesmo para uma pessoa mal informada", diz o documento.

    Além disso, a Argentina, como outros países da região, "acredita que a única maneira de superar as contradições é o diálogo construtivo, e rejeita qualquer ingerência nos assuntos internos de outros Estados".

    Anteriormente, o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou que tinha determinado a realização de um “exercício militar defensivo especial” contra os EUA. A iniciativa seria uma resposta às sanções norte-americanas contra funcionários do alto escalão venezuelano e à declaração do presidente dos EUA, Barack Obama, de que a Venezuela seria uma ameaça à segurança de seu país.

    Tags:
    ameaça, Barack Obama, Nicolás Maduro, Venezuela, EUA, Argentina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik