04:56 29 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Emirados Árabes Unidos, Bahrein e Israel: acordo de paz ou de divisão?
    © Sputnik /

    Nesta terça-feira (15), Emirados Árabes Unidos e Bahrein entraram na lista de países árabes a firmarem acordos de paz com Israel.

    A cerimônia aconteceu em Washington e contou com a participação do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, do ministro das Relações Exteriores e Cooperação Internacional dos Emirados Árabes Unidos, Abdullah bin Zayed Al Nahyan, e do ministro das Relações Exteriores de Bahrein, Abdullatif bin Rashid Al Zayani.

    O acordo foi anunciado pelo presidente norte-americano Trump em 13 de agosto, tendo sido denominado pelos EUA como uma conquista notável na política externa do país. "Enorme avanço hoje! Acordo de paz histórico entre nossos grandes amigos Israel e os Emirados Árabes Unidos!", escreveu Donald Trump no Twitter.

    Países do Oriente Médio reagiram de forma diferente ao acordo. Entretanto, a normalização das relações de Israel com países árabes pode continuar – Marrocos e Omã podem ser os seguintes na lista, que já conta com Egito e Jordânia.

    Mais:

    Trump diz esperar que Arábia Saudita entre no acordo de paz entre Israel e Emirados Árabes
    Acordo dos Emirados Árabes Unidos com Israel é 'traição' ao mundo islâmico, diz líder supremo do Irã
    UE celebra acordo entre Israel e Bahrein, mas cita defesa de um Estado palestino
    Tags:
    acordo de paz, Bahrein, EAU, EUA, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar

    Mais infográficos