02:32 29 Maio 2020
Ouvir Rádio
    País dividido: Líbia 6 anos depois de Kadhafi
    © Sputnik /

    Muammar Kadhafi foi morto em 20 de outubro de 2011. Ele tinha liderado a Líbia durante 42 anos. Depois da sua morte, a "jamahiriya" (Estado das massas) cessou de existir e o país ficou dividido.

    O quadro observado em 2017 representa os vários grupos armados em constante confrontação.

    Mais:

    Vice-premiê: Líbia pede ajuda à Rússia para acabar com o conflito armado no país
    Secretário-geral da OTAN: não devemos permitir que Rússia se reforce na Líbia
    Tags:
    conflito, confrontação, Muammar Kadhafi, Líbia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar

    Mais infográficos

    • Assim é o novíssimo veículo-anfíbio Bumerang
      Last update: 13:55 18.05.2020
      13:55 18.05.2020

      Assim é o novíssimo veículo-anfíbio Bumerang

      O novíssimo veículo de combate anfíbio Bumerang de oito rodas, que é promovido pela empresa russa focada nas exportações militares Rosoboronexport, já está pronto para conquistar mercados exteriores.

    • GAZ-67: 1º jipe soviético no campo de batalha
      Last update: 11:25 06.05.2020
      11:25 06.05.2020

      GAZ-67: 1º jipe soviético no campo de batalha

      Veículo leve polivalente GAZ-64/GAZ-67 é considerado o primeiro jipe soviético. Elaborado como automóvel de comando, no decorrer da guerra foi usado como veículo da infantaria.

    • BM-13: veículo simbólico da vitória sobre Alemanha nazista
      Last update: 13:16 30.04.2020
      13:16 30.04.2020

      BM-13: veículo simbólico da vitória sobre Alemanha nazista

      A primeira salva do lendário lançador múltiplo de foguetes BM-13, apelidado também popularmente de Katyusha, ocorreu em 14 de junho de 1941 contra posições das tropas da Alemanha nazista.

    • Canhão antitanque M-42: sempre na linha de frente
      Last update: 13:03 28.04.2020
      13:03 28.04.2020

      Canhão antitanque M-42: sempre na linha de frente

      Tendo entrado em ação em meados de Segunda Guerra Mundial, o canhão antitanque M-42 continuou em produção e uso até 1946.