19:17 21 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    País dividido: Líbia 6 anos depois de Kadhafi
    © Sputnik

    Muammar Kadhafi foi morto em 20 de outubro de 2011. Ele tinha liderado a Líbia durante 42 anos. Depois da sua morte, a "jamahiriya" (Estado das massas) cessou de existir e o país ficou dividido.

    O quadro observado em 2017 representa os vários grupos armados em constante confrontação.

    Mais:

    Vice-premiê: Líbia pede ajuda à Rússia para acabar com o conflito armado no país
    Secretário-geral da OTAN: não devemos permitir que Rússia se reforce na Líbia
    Tags:
    Líbia, Muammar Kadhafi, confrontação, conflito
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar

    Mais infográficos

    • Prêmio Nobel 2021
      Last update: 08:35 12.10.2021
      08:35 12.10.2021

      Prêmio Nobel: confira os ganhadores de 2021

      Perdeu alguma premiação do Nobel? A Sputnik Brasil preparou um infográfico com todas as informações que você precisa saber sobre a edição 2021 do Prêmio Nobel.

    • Trajetória da pacificação na Síria
      Last update: 13:14 29.09.2021
      13:14 29.09.2021

      Trajetória da pacificação na Síria

      À luz do encontro de Putin e Erdogan em Sochi, a Sputnik preparou um infográfico mostrando a evolução do processo de paz na Síria, em que tanto a Rússia como a Turquia tiveram participação proeminente.

    • Mitos mais populares sobre a vacinação contra COVID-19
      Last update: 08:34 14.09.2021
      08:34 14.09.2021

      Vacinação contra COVID-19: os mitos mais populares

      A criação de vacinas contra o novo coronavírus SARS-CoV-2 e a imunização geraram vários mitos entre a população. Veja no infográfico da Sputnik por que eles não têm base científica.

      Mundo lidando com o coronavírus em meados de setembro
    • Afeganistão: tesouro de recursos minerais?
      Last update: 08:42 31.08.2021
      08:42 31.08.2021

      Afeganistão: tesouro de recursos minerais?

      Ainda em 2010, o Departamento de Defesa dos EUA avaliou as reservas minerais no Afeganistão, declarando que elas equivalem a US$ 3 trilhões. Os talibãs, ao tomarem sob seu controle o país, já declararam que ele possui um tesouro em minerais de nível mundial.