11:48 16 Julho 2018
Ouvir Rádio
    • Míssil balístico intercontinental SS-20 da Força Estratégica de Mísseis da Rússia
    • Míssil balístico intercontinental RT-2PM Topol se dirige ao local do seu baseamento permanente na Região Militar Central
    • Operadora de rádio da Unidade de Mísseis de Novossibirsk fala ao telefone em um posto de comando
    • Míssil balístico intercontinental RS-24 Yars durante a 72ª Parada da Vitória na Praça Vermelha, em Moscou
    • Soldados da divisão de defesa antiaérea de Novossibirsk durante treinamentos de luta contra grupos de diversão inimigos
    • Museu da Força Estratégica de Mísseis russa baseada no território de um regimento de treinamento na cidade de Balabanovo, na região de Kaluga
    • Participantes do concurso nacional profissional Maquiagem debaixo de Camuflagem entre as tropas femininas que decorreu no centro de treinamento da Força Estratégica de Mísseis da Rússia em Pereslavl-Zalessky
    • Lançamento de míssil balístico intercontinental RS-18 no centro espacial de Baikonur
    • Hoje em dia, existem apenas 3 países (Rússia, EUA e China) que possuem uma tríade nuclear completa
    • Unidades da Força Estratégica de Mísseis da Rússia participam de uma parada militar na Praça Vermelha em 1 de maio de 1967
    © Sputnik / I. Baskakov
    Míssil balístico intercontinental SS-20 da Força Estratégica de Mísseis da Rússia.

    Dê uma olhada aos armamentos que fazem parte da Força Estratégica de Mísseis da Rússia, apelidados como a base da chamada "tríade nuclear".

    Em 17 de dezembro, na Rússia se celebra o Dia da Força Estratégica de Mísseis que foi fundada 58 anos atrás. Estas forças são destinadas a conter uma potencial agressão nuclear.

    De acordo com o ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, os sistemas de mísseis estratégicos desenvolvidos na Rússia são únicos e não têm análogos no mundo. As principais armas da Força Estratégica de Mísseis incluem os mísseis balísticos intercontinentais de baseamento terrestre com ogivas nucleares móveis e baseadas em silos.

    Deste modo, a Força Estratégica de Mísseis da Rússia faz parte da "tríade nuclear", que também inclui a aviação estratégica e as forças estratégicas navais.

    Mais:

    Rússia celebra o aniversário da Força Estratégica de Mísseis (VÍDEO)
    Moscou pode instalar mísseis de superlongo alcance para 'criar ameaça' a Washington
    Impasse nuclear: por que Rússia e EUA não conseguem um compromisso sobre mísseis?
    Tags:
    tríade nuclear, mísseis balísticos intercontinentais, Topol, Yars, Força Estratégica de Mísseis, Sergei Shoigu, URSS, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik

    Mais fotos