18:26 16 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    10742
    Nos siga no

    A Grécia exige a devolução de mármores e esculturas históricas em exposição nos museus de Londres. Para Boris Johnson, peças foram adquiridas legalmente pelo diplomata Lord Elgin, em 1816.

    As esculturas do Partenon - um templo grego dedicado a deusa Atena - jamais serão devolvidas à Grécia, esclareceu o primeiro-ministro britânico Boris Johnson em entrevista ao jornal Ta Nea.

    Segundo ele, as peças do antigo templo do Partenon, em Atenas, que a Grécia reivindicou por décadas, "foram legalmente adquiridas", e portanto pertencem aos museus do Reino Unido.

    A nova recusa em considerar uma restituição acontece em meio às festividades da independência grega, marcadas para  25 de março. O primeiro-ministro da Grécia, Kyriakos Mitsotakis, havia oficialmente solicitado o empréstimo dos frisos do Partenon para a ocasião. 

    Boris Johnson, em resposta, disse que "entende os fortes sentimentos dos gregos e do primeiro-ministro Kyriakos Mitsotakis sobre este problema", mas ele não deixou esperanças com relação ao repatriamento desses antigos frisos.

    Eclipse parcial da Lua no céu sobre o Tempo de Poseidon, na Grécia
    © AP Photo / Petros Giannakouris
    Eclipse parcial da Lua no céu sobre o Tempo de Poseidon, na Grécia

    "Londres tem uma posição firme de longa data sobre essas esculturas: foram adquiridas legalmente por Lord Elgin, de acordo com as leis em vigor na época", disse.

    As autoridades do Reino Unido argumentam que os frisos foram retirados com a permissão dos governantes otomanos, que ocupavam a Grécia na época. Atenas considera isso um "roubo".

    De acordo com a publicação, esta é a primeira vez que Boris Johnson se pronuncia sobre esta polêmica como primeiro-ministro. Ele havia mencionado isso, há sete anos, como prefeito de Londres, durante uma briga com o ator americano George Clooney, que exigia a devolução das esculturas a Atenas.

    Vale lembrar que Atenas sempre desejou optar pelo canal diplomático, ao invés de iniciar ações judiciais. A ministra da Cultura da Grécia, Lina Mendoni, reafirmou em maio de 2020 "a exigência implacável" de Atenas "por uma devolução definitiva dos mármores à sua terra natal", considerando que tinham sido objeto de "saques".

    Estátua de guerreiro da Grécia Antiga
    © flickr.com / A.Currell
    Estátua de guerreiro da Grécia Antiga

    Mais:

    Árvore petrificada há 20 milhões de anos é descoberta intacta na Grécia (FOTOS, VÍDEO)
    De Afrodite para o mundo: frascos de perfume da antiga Grécia são exibidos pela 1ª vez (FOTO)
    Grécia está enviando barcos militares para perto da costa da Turquia, diz Ancara
    Tags:
    arte, roubo, museu, Boris Johnson, Reino Unido, Grécia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar