19:10 17 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    111
    Nos siga no

    Perto de completar 100 anos, marido da rainha Elizabeth II segue internado. Ele foi transferido para outro hospital, em Londres, nesta segunda-feira (1º), para "teste e observação de uma doença cardíaca pré-existente".

    O príncipe Philip, de 99 anos de idade, deixou o Hospital King Edward VII, em Londres, nesta segunda-feira (1º), após duas semanas de internação, para ser transferido para o Hospital São Bartolomeu, também na capital. O duque de Edimburgo foi inicialmente internado no dia 16 de fevereiro como medida de precaução depois de se sentir mal, tornando esta a sua estadia mais longa em hospitais até hoje.

    Segundo o tabloide Daily Mail, um porta-voz do Palácio de Buckingham divulgou que "o duque de Edimburgo foi transferido hoje [1º] do Hospital King Edward VII para o Hospital São Bartolomeu, onde os médicos continuarão a tratá-lo de uma infecção, bem como realizarão testes e observação de uma condição cardíaca pré-existente. O duque continua confortável e está respondendo ao tratamento, mas deve permanecer no hospital pelo menos até o final da semana".

    Durante a transferência, o marido da rainha Elizabeth II foi protegido da vista do público por uma série de guarda-chuvas erguidos enquanto se dirigia a uma ambulância nos fundos do Hospital King Edward VII, onde recebia tratamento para uma infecção.

    Pessoas reunidas ao redor de uma ambulância em frente à entrada dos fundos do Hospital King Edward VII, no centro de Londres, em 1º de março de 2021, de onde o príncipe Philip, duque de Edimburgo, foi transferido após duas semanas internado
    © AFP 2021 / Daniel Leal-Olivas
    Pessoas reunidas ao redor de uma ambulância em frente à entrada dos fundos do Hospital King Edward VII, no centro de Londres, em 1º de março de 2021, de onde o príncipe Philip, duque de Edimburgo, foi transferido após duas semanas internado

    Philip e a rainha, de 99 e 94 anos, respectivamente, receberam vacinas contra COVID-19 no mês passado e sua internação não está relacionada ao coronavírus. A rainha permanece no Castelo de Windsor em isolamento social.

    O único membro da família real conhecido por tê-lo visitado até agora é o príncipe Charles, que fez uma viagem de ida e volta de 320 quilômetros de sua casa em Gloucestershire, condado no sudoeste da Inglaterra, para ver seu pai no dia 20 de fevereiro.

    O ex-secretário de imprensa da rainha, Dickie Arbiter, disse anteriormente que Philip provavelmente "solicitou" a presença de seu filho mais velho para discutir o futuro da família real. Isso ocorreu devido aos desenvolvimentos recentes com o Palácio de Buckingham que revelaram que o príncipe Harry e Meghan Markle não voltariam a ser membros sêniores da realeza.

    O duque, que está a apenas três meses de completar 100 anos em 10 de junho, também falou com outros membros da família real por telefone enquanto estava no hospital.

    Mais:

    Harry e Meghan deixarão de usar o título de 'alteza real'
    Meghan Markle vence processo contra jornal britânico que publicou carta dela ao pai
    Rainha Elizabeth e Príncipe Philip recebem vacina contra a COVID-19 no Reino Unido
    Príncipe William diz que Philip 'está bem'; marido da rainha está internado há quase 1 semana
    Tags:
    Edimburgo, hospital, transferência, Elizabeth II, Grã-Bretanha, Família Real Britânica
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar