15:51 23 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Coronavírus no mundo no final de fevereiro de 2021 (71)
    180
    Nos siga no

    A ministra da Saúde montenegrina, Jelena Borovinic Bojovic, foi vacinada contra o novo coronavírus com a vacina russa Sputnik V, disse o Ministério da Saúde do país em um comunicado nesta terça-feira (23).

    Antes de sua nomeação como ministra em dezembro de 2020, Bojovic chefiou a clínica de pneumologia do Centro Clínico de Montenegro e, como médica, participou pessoalmente da luta contra a pandemia da COVID-19 e do tratamento de pacientes.

    "A ministra da Saúde, Jelena Borovinic Bojovic, tomou a vacina contra o novo coronavírus Sputnik V. Esta é a primeira de 150 doses que foram entregues ao Centro Clínico de Montenegro", disse o ministério.
    Seringa e ampola com o logotipo da Sputnik V ao fundo
    © Sputnik / Vladimir Trefilov
    Seringa e ampola com o logotipo da Sputnik V ao fundo

    Em 20 de fevereiro, Montenegro começou a vacinação com o imunizante contra o novo coronavírus Sputnik V recebido da Sérvia, depois que a primeira-ministra sérvia, Ana Brnabic, entregou pessoalmente mais de duas mil doses da vacina fabricada na Rússia às autoridades montenegrinas.

    O Ministério da Saúde montenegrino disse ainda à Sputnik que está negociando com o governo russo e o Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya (Centro Gamaleya) sobre o fornecimento da Sputnik V ao país. Anteriormente, o regulador sanitário estatal de Montenegro já havia aprovado a importação de vacinas fabricadas na Rússia.

    Tema:
    Coronavírus no mundo no final de fevereiro de 2021 (71)

    Mais:

    Embaixada russa nos EUA recebe constantes pedidos para obtenção da vacina Sputnik V, diz embaixador
    Macedônia do Norte planeja encomendar a vacina russa Sputnik V contra a COVID-19
    México recebe 1ª remessa da vacina Sputnik V (VÍDEO)
    Tags:
    Rússia, Ana Brnabic, Sputnik V, Montenegro, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar