21:21 08 Março 2021
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Coronavírus no mundo em meados de dezembro (87)
    0 21
    Nos siga no

    A agência médica reguladora da Suíça, a Swissmedic, aprovou o uso da vacina contra a COVID-19 produzida pelas farmacêuticas Pfizer e BioNTech, que foi considerada "segura" após uma revisão "meticulosa" que durou dois meses.

    O anúncio de que a vacina foi liberada para aplicação no país europeu foi realizado através de um comunicado à imprensa neste sábado (19). A Suíça é o primeiro país a liberar o imunizante de forma definitiva.

    "A Swissmedic autorizou a vacina da Pfizer/BioNTech. De acordo com os dados avaliados pela Agência Suíça de Produtos Terapêuticos, o nível de proteção conferido sete dias após a segunda injeção da vacina é superior a 90%", diz o comunicado publicado pela Swissmedic.

    De acordo com o órgão regulador suíço, os benefícios de receber a vacina Pfizer-BioNTech superam os riscos apresentados pela inoculação do imunizante.

    "Após uma revisão meticulosa das informações disponíveis, a Swissmedic concluiu que a vacina contra a COVID-19 da Pfizer/BioNTech é segura e que seus benefícios superam os riscos", disse a Swissmedic, acrescentando que a decisão de autorizar a vacina foi tomada dois meses após o pedido de liberação do fármaco ter sido recebido.

    Após a decisão deste sábado (19), qualquer pessoa com 16 anos ou mais na Suíça poderá receber a vacina.

    Frascos de vacina contra a COVID-19 da farmacêutica Pfizer durante produção nos EUA (foto de arquivo)
    © REUTERS / PFIZER
    Frascos de vacina contra a COVID-19 da farmacêutica Pfizer durante produção nos EUA (foto de arquivo)

    O governo suíço assinou um acordo de compra com a Pfizer e a BioNTech há duas semanas para receber três milhões de doses da vacina contra a COVID-19, que já está sendo aplicada no Reino Unido, Canadá e Estados Unidos. O imunizante também já foi liberado, em regime emergencial, por agências reguladoras de diversos países, como Chile, México e Bahrein.

    Segundo os dados da Universidade Johns Hopkins, a Suíça acumula 403.989 casos confirmados da COVID-19 e 6.561 mortes causadas pela doença.

    Tema:
    Coronavírus no mundo em meados de dezembro (87)

    Mais:

    Trudeau: Canadá recebe 1º lote de vacina da Pfizer e BioNTech contra COVID-19
    COVID-19: Panamá aprova uso emergencial de vacina da Pfizer
    Chile aprova uso emergencial da vacina da Pfizer e BioNTech contra COVID-19
    Tags:
    Pfizer, COVID-19, Suíça
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar