02:15 26 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    0 60
    Nos siga no

    O inventor dinamarquês, Peter Madsen, condenado a 20 anos de prisão pelo assassinato brutal da jornalista dinamarquesa Kim Wall, fugiu de prisão nos arredores de Copenhague.

    Madsen escapou da prisão a umas 10h00 (05h00, no horário de Brasília), mas não conseguiu muito ir longe, segundo o jornal Compenhagen Post, que já anunciou apreensão do foragido.

    O fugitivo foi encontrado por policiais em estrada na região de Albertslund, com franco-atiradores posicionados de 20 a 30 metros de distância de Madsen.

    Segundo relatos, Peter Madsen foi encontrado com um cinto amarrado ao corpo, muito parecido com um artefato explosivo improvisado. Além disso, havia a possibilidade de o fugitivo estar armado com pistola.

    Posteriormente, o jornal Compenhagen Post atualizou a notícia, detalhando que Madsen foi detido pela polícia a um quilômetro de distância da prisão.

    A jornalista dinamarquesa Kim Wall estava escrevendo um artigo sobre Peter Madsen e desapareceu em 10 de agosto de 2017 depois de viagem conjunta no submarino Nautilus que foi construído por ele. Inicialmente, o inventor afirmou que tinha desembarcado a jornalista na costa no mesmo dia. Mais tarde, no entanto, ele mudou seu testemunho, afirmando que a mulher morreu depois de um acidente a bordo do seu submarino. O corpo desmembrado da jornalista foi encontrado alguns dias depois.

    Mais:

    Irã executa atleta por assassinato de agente de segurança durante manifestações em 2018
    'Assassinato é o modus operandi dos EUA', diz Assad sobre plano de Trump para matá-lo (VÍDEO)
    Ex-presidente do Quirguistão Atambaev sofre tentativa de assassinato (VÍDEOS)
    Tags:
    Copenhague, assassinato, prisão, Dinamarca, fuga
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar