06:04 25 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    COVID-19 no mundo no início de outubro (66)
    0 80
    Nos siga no

    O ex-presidente ucraniano Pyotr Poroshenko foi hospitalizado com pneumonia dupla após contrair COVID-19, segundo anunciou sua esposa, Marina Poroshenko, neste sábado (3).

    Na terça-feira (29), Poroshenko anunciou publicamente que havia contraído o novo coronavírus e que seria tratado em casa. Segundo sua esposa, o ex-presidente está agora internado na capital Kiev em um hospital voltado ao tratamento de pacientes com COVID-19.

    "Apesar de meu marido ter pneumonia dupla, ele tem uma vontade forte e está demonstrando isso na luta contra a doença. Ele segue estritamente o tratamento prescrito", disse a esposa de Poroshenko em uma mensagem de vídeo, publicada pelo partido do ex-presidente, Solidariedade Europeia, nas redes sociais.

    Marina Poroshenko declarou ainda que sua filha também foi infectada pelo novo coronavírus e que está em tratamento. Pyotr Poroshenko presidiu a Ucrânia entre 2014 e 2019.

    Médicos com trajes de proteção biológica ao lado do trem especial Nº 906/905 Kiev–Moscou–Kiev em terminal ferroviário de Kiev, Ucrânia
    © Sputnik / Stringer
    Médicos com trajes de proteção biológica ao lado do trem especial Nº 906/905 Kiev–Moscou–Kiev em terminal ferroviário de Kiev, Ucrânia

    Assim como o resto da Europa, a Ucrânia está testemunhando um aumento nos casos diários de COVID-19. Neste sábado (3), o país registrou um recorde de 4.661 infecções. Segundo os dados da Universidade Johns Hopkins, a Ucrânia registra mais de 228 mil casos confirmados, além de cerca de 4,4 mil mortes. Cerca de 98 mil pessoas já se recuperaram da doença no país europeu.

    Tema:
    COVID-19 no mundo no início de outubro (66)

    Mais:

    Ucrânia decreta fechamento das fronteiras para conter o COVID-19
    Homem contrai COVID-19 pela 3ª vez na Ucrânia, dizem autoridades do país
    União Europeia está dividida sobre aceitar entrada da Ucrânia, revela Zelensky
    Tags:
    COVID-19, Ucrânia, Pyotr Poroshenko
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar