05:02 25 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    4647
    Nos siga no

    O Ministério das Relações Exteriores da Rússia apelou para que as partes cessem as hostilidades imediatamente e iniciem negociações para estabilizar a situação em Nagorno-Karabakh.

    O governo russo expressa preocupação com a escalada da tensão na linha de contato em Nagorno-Karabakh, apelando para um cessar-fogo imediato.

    "De acordo com as informações de que dispomos, a situação em Nagorno-Karabakh se agravou drasticamente. Ao longo da linha de contato ocorrem intensos disparos de ambos os lados. Há informações sobre perdas", afirma um comunicado do Ministério das Relações Exteriores da Rússia.

    Anteriormente, o Ministério da Defesa da Armênia informou que as forças do país abateram dois helicópteros e três drones do Azerbaijão na zona de conflito de Nagorno-Karabakh, adicionando que o "inimigo sofreu baixas e perdeu material".

    Um soldado armênio em Nagorno-Karabakh
    © Sputnik / PAN Photo
    Um soldado armênio em Nagorno-Karabakh

    Por sua vez, o Exército do Azerbaijão anunciou que ao menos 12 sistemas de mísseis da defesa antiaérea da Armênia haviam sido destruídos, e que lançaria uma contraofensiva "em toda a linha de frente".

    Após o conflito, o presidente da república não reconhecida de Nagorno-Karabakh decretou a lei marcial no território, além de uma mobilização geral.

    Tags:
    disputa, conflito, guerra, Azerbaijão, Armênia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar