18:50 18 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    73326
    Nos siga no

    A Alemanha propôs um acordo bilionário aos EUA para evitar que sanções sejam impostas contra a construção do gasoduto russo Nord Stream 2.

    Os alemães se ofereceram para gastar US$ 1,2 bilhão (R$ 6,3 bilhões) em terminais para o gás natural liquefeito (GNL) dos EUA para salvar o projeto do gasoduto Nord Stream 2.

    De acordo com o jornal alemão Die Zeit, o Ministério das Finanças do país enviou uma proposta não oficial dois dias após o ministro das Finanças Olaf Scholz telefonar para seu homólogo norte-americano, Steven Mnuchin.

    Navio-grua Akademik Chersky, apto a concluir a construção do gasoduto Nord Stream 2
    © Sputnik / Mikhail Golenkov
    Navio-grua Akademik Chersky, apto a concluir a construção do gasoduto Nord Stream 2

    A proposta sobre terminais de gás natural liquefeito também refere a movimentação de gás através da Ucrânia e apoio à Polônia através do financiamento de um gasoduto diferente, permitindo que o país utilizasse o GNL norte-americano.

    O gasoduto Nord Stream 2 conta com diversos investidores, incluindo a russa Gazprom e diversas companhias energéticas da Europa, que têm sido alvos de sanções norte-americanas.

    Mais:

    Caos nos EUA pode estar fazendo com que Europa resolva questão do Nord Stream 2
    EUA aumentam pressão sobre empreiteiras para barrar o Nord Stream 2, diz mídia
    Alemanha considera sancionar senadores dos EUA em resposta às ameaças contra Nord Stream 2
    Tags:
    Alemanha, EUA, sanções, Gás Natural Liquefeito, gás natural, Nord Stream 2, Nord Stream
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar