22:33 11 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    111049
    Nos siga no

    Os Estados Unidos aumentaram a pressão sobre empreiteiras europeias para fazê-las abandonar o projeto do gasoduto Nord Stream 2, liderado pela Rússia.

    A informação foi publicada pelo site Die Welt, citando fontes. As autoridades norte-americanas, em particular, realizaram videoconferências individuais com os europeus para "apontar consequências de longo prazo" de sua participação contínua no projeto, informou o jornal alemão no sábado (25).

    As fontes dizem que até 12 representantes dos departamentos de Estado, Tesouro e Energia participaram dessas negociações. As autoridades norte-americanas "em tom amigável deixaram bem claro que querem impedir a conclusão da construção do gasoduto", publicou o Die Welt.

    Navio-grua Akademik Chersky, apto a concluir a construção do gasoduto Nord Stream 2
    © Sputnik / Mikhail Golenkov
    Navio-grua Akademik Chersky, apto a concluir a construção do gasoduto Nord Stream 2

    A notícia vem após o Senado dos EUA ter aprovado, na quinta-feira (23), sua versão do projeto de lei de gastos para a Defesa no ano fiscal de 2021, incluindo sanções sobre gasodutos.

    Em dezembro de 2019, as sanções sobre o Nord Stream 2, parte da Lei de Autorização de Defesa Nacional dos EUA de 2020, forçaram a empresa suíça de gasodutos Allseas a deixar o projeto, com apenas 160 quilômetros do gasoduto assentados. A Rússia agora está terminando projeto por conta própria.

    Mais:

    Berlim não exclui impor taxas ao gás dos EUA caso Washington continue a pressionar Nord Stream 2
    Alemanha considera sancionar senadores dos EUA em resposta às ameaças contra Nord Stream 2
    Caos nos EUA pode estar fazendo com que Europa resolva questão do Nord Stream 2
    Tags:
    Die Welt, Nord Stream 2, Rússia, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar