14:19 14 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    5613
    Nos siga no

    Em seu novo livro, antigo alto responsável da administração Trump faz muitas afirmações, e uma das críticas ao presidente dos EUA é a sua suposta fraqueza com o presidente da Rússia.

    Em uma entrevista à emissora ABC News, John Bolton, ex-assessor de Segurança Nacional dos EUA falou sobre seu próximo livro, "A Sala Onde Isto Aconteceu" ("The Room Where It Happened", no original em inglês), antecipando alguns temas abordados na obra. Um dos temas são as escolhas de política externa do presidente norte-americano Donald Trump.

    Em seu livro, o ex-conselheiro revelou por que ele tinha medo de deixar o presidente norte-americano Donald Trump sozinho com seu homólogo russo, Vladimir Putin, durante a cúpula em Helsinque em 2018.

    "Seja em que momento fosse, nós não sabíamos o que ele ia dizer. Bem, acabou por funcionar, e digo no livro [que] me sinto muito confiante que nada de impróprio aconteceu na conversa a sós [com Putin]".

    "Mas isso significa que escapamos ilesos da reunião, [e] isso não é fazer avançar os interesses americanos. Quer dizer, é melhor do que sermos lesados, mas [isso] certamente não faz avançar nossos interesses", disse Bolton.

    Bolton acrescentou, durante a entrevista, que acredita que Putin tem Donald Trump sob seu controle.

    "Penso que Putin acha que pode tocá-lo como um violino. Eu acho que Putin é inteligente, duro. Ele joga um jogo ruim extremamente bem. Acho que ele vê que não está diante de um adversário sério, e trabalha, e trabalha, e trabalha nele", disse Bolton.

    A cúpula de 2018 aconteceu em Helsinque, em julho daquele ano, entre Putin e Trump, sendo a primeira reunião completa entre os dois, com discussões de vários assuntos de interesse mútuo.

    John Bolton trabalhou como assessor de Segurança Nacional dos EUA entre 9 de abril de 2018 e 10 de setembro de 2019. O livro que detalha seu ponto de vista sobre a administração republicana de Donald Trump, será publicado na terça-feira (23), mas muitos mídia já obtiveram acesso ao livro, publicando e analisando excertos de seu conteúdo.

    Mais:

    Convidar Putin para cúpula do G7 é de 'senso comum', afirma Trump
    Armas e petróleo: Trump revela detalhes do que discutiu com Putin ao telefone
    Putin agradece a Trump por informação que impediu atentado na Rússia
    Tags:
    ABC News, Rússia, EUA, Vladimir Putin, Helsinque, Donald Trump, John Bolton
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar