20:55 12 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    0 50
    Nos siga no

    Um monomotor Cirrus SR22 caiu no mar perto da costa do Reino Unido, mas seu inovador e quase milagroso sistema de paraquedas permitiu salvar piloto e tripulante.

    A aeronave estava voando de Dunkeswell para Lee-On-Solent quando o piloto perdeu o controle do aparelho por razões ainda não apuradas, se vendo na necessidade de acionar o sistema CAPS.

    CAPS é um sistema de paraquedas acoplado à fuselagem e de ejeção instantânea em caso de perigo iminente de queda. Ao invés de um paraquedas individual, o CAPS protege o avião inteiro, o mantendo a flutuar no ar, evitando que caia.

    ​O avião se afastou em direção à costa de Calshot. A polícia no local está dispersando as pessoas

    Segundo o UK Aviation News, o CAPS já salvou mais de 170 vidas desde 2002, estando na base da popularidade deste monomotor de quatro ou cinco lugares.

    ​O avião caiu na lotada praia de Calshot, em Solent. Duas pessoas foram resgatadas. Parece que eles conseguiram acionar um paraquedas

    O avião acabou caindo lentamente na praia de Calshot, no canal da Mancha, tendo os dois ocupantes conseguido sair por si próprios da aeronave e sido prontamente resgatados por barcos que se encontravam nas proximidades.

    ​Um Cirrus SR22 caiu em Calshot esta tarde, não havendo feridos a registrar

    Nenhum deles necessitou de assistência médica. As autoridades aeronáuticas iniciaram uma investigação.

    O Cirrus SR22 é um monomotor muito popular desde a sua introdução no mercado no início dos anos 2000. Uma das razões é seu sistema de paraquedas, que permite salvar os tripulantes em caso de queda, aponta a Ukaviation.news.

    Mais:

    Avião monomotor cai na Itália (FOTO)
    Avião militar do Paquistão cai, matando 2 pilotos (VÍDEO)
    Pequeno avião privado cai no Extremo Oriente russo, matando 3 pessoas
    Tags:
    paraquedas, Reino Unido, acidente aéreo, monomotor
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar