13:33 03 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Situação em torno da pandemia de COVID-19 no fim de abril (140)
    583
    Nos siga no

    A Universidade de Oxford entrará na fase de testes em humanos de sua vacina contra a COVID-19 nesta quinta-feira (23), informou o ministro da Saúde britânico Matt Hancock nesta terça-feira (21) em uma entrevista coletiva.

    "É com prazer que anuncio que destinamos 20 milhões de libras [R$ 131 milhões] a especialistas de Oxford para financiar ensaios clínicos [...] Também é um prazer informar que os ensaios com vacinas em humanos começarão a partir desta quinta-feira", disse Hancock.

    O ministro acrescentou que o Reino Unido começará a usar a vacina o mais rápido possível, uma vez que seja confirmada a sua eficácia.

    O governo britânico também alocou 22,5 milhões de libras (R$ 147 milhões) em ensaios clínicos de vacinas contra a COVID-19 no Imperial College de Londres.

    Desde 11 de março, a Organização Mundial de Saúde (OMS) classifica a COVID-19, detectada inicialmente na cidade chinesa de Wuhan, no final de 2019, como uma pandemia.

    Globalmente, houve mais de 2,5 milhões de casos de infecção pelo novo coronavírus, incluindo mais de 171.800 mortes.

    Tema:
    Situação em torno da pandemia de COVID-19 no fim de abril (140)

    Mais:

    OTAN se junta a investigações científicas sobre COVID-19
    Facebook aponta dados de usuários como 'superpoder' no combate mundial à COVID-19
    ONU elogia aprovação de anistia no México para enfrentar COVID-19 nas prisões
    Tags:
    pandemia, OMS, saúde, novo coronavírus, COVID-19, vacinação, vacina, Universidade de Oxford, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar