06:50 27 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    272
    Nos siga no

    O maior vulcão ativo da Europa, o Etna, localizado na costa leste da ilha italiana da Sicília, registrou "um episódio de erupção estromboliana e pequenas emissões de lava, acompanhadas de cinzas".

    A erupção foi registrada na manhã de domingo (19) pelas redes de vigilância vulcânica, captando este tipo de atividade (que é caracterizada por erupções explosivas entre períodos de calmaria de extensão variável), e uma pequena emissão de lava no "topo do cone" da nova cratera do sudeste, formada em 2017, segundo comunicado do Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia da Itália (INGV).

    A erupção do Etna gerou uma nuvem de vapor e cinzas que chegou a cinco quilômetros acima do nível do mar, sendo levada pelo vendo em direção aos setores sudeste, leste e nordeste do vulcão.

    Por conta disso, ocorreram pequenas precipitações de cinzas em algumas regiões, principalmente nas comunas de Zafferana Etnea e Linguaglossa.

    ​A nova cratera do sudeste do Etna finalmente entrou em ação, depois de ter tentado diversas vezes nos últimos dias. Atividade estromboliana e pequenas fontes de lava em curso, 19 de abril de 2020.

    A atividade estromboliana, que começou em setembro de 2019 na cratera Voragine, continua com modestas flutuações em sua atividade.

    Mais:

    Forte explosão de vulcão faz material incandescente voar pelos ares no México (VÍDEOS)
    Pegadas de neandertais subindo vulcão ativo são achadas na Itália (FOTO)
    Vulcão mais ativo da América do Sul pode entrar em colapso
    Tags:
    Itália, Sicília, erupção vulcânica, erupção, vulcão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar