22:26 29 Março 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    3352
    Nos siga no

    A pequena cidade de Legrad, a dois quilômetros da fronteira húngara, busca atrair novos residentes de uma forma curiosa.

    Autoridades municipais da cidade croata de Legrad começaram a vender terras e casas por um preço exorbitantemente baixo: por uma kuna croata, segundo o canal local Hrvatska radiotelevizija. A quantia não chega nem mesmo a valer um real, R$ 0,73 centavos seriam suficientes para garantir um teto na pitoresca cidade.

    Porém, alguns pequenos "detalhes" mostram que talvez a oferta não seja tão vantajosa. Possíveis compradores devem ter menos de 40 anos e se comprometer a viver no local por ao menos quinze anos após a compra. Em troca, o governo local venderia uma casa pertencente ao munícipio pelo valor subsidiado.

    Bandeira da Croácia
    © flickr.com / Ingo Meironke
    Bandeira da Croácia

    Ivan Sabolic, prefeito de Legrad, argumenta que a cidade tem zero desemprego e busca novos trabalhadores. De acordo com o croata, pedidos foram feitos de todo o país, assim como das vizinhas Eslovênia e Bósnia.

    Assim como muitos países do Leste Europeu, a Croácia sofre uma grande emigração, reduzindo sua população ano após ano. Uma população envelhecida se tornou um grave problema para o pequeno país europeu, com poucos jovens para renovar a força de trabalho e garantir o equilíbrio fiscal.

    Além de medidas desesperadas como a de Legrad, o governo croata toma diversas medidas para garantir a estabilidade populacional, como oferecer diversos incentivos que incentivem a natalidade.

    Alguém se candidata?

    Mais:

    Próximas da Itália, Áustria e Croácia registram casos de coronavírus
    Desvendado mistério dos crânios deformados achados na Croácia
    Mais de 1,7 milhão de sírios retornam para casa graças aos esforços de Moscou e Damasco
    Tags:
    envelhecimento, população, Croácia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar