22:31 30 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    133
    Nos siga no

    O surto da doença do novo coronavírus (COVID-19) se tornou a pior crise de saúde da França dos últimos 100 anos, afirmou o presidente francês, Emmanuel Macron.

    "Essa epidemia é a pior crise de saúde que a França viu em um século", disse Macron em seu discurso ao país televisionado pela emissora franceinfo.

    Macron pediu a todos os franceses que limitem as viagens não essenciais e pediu às empresas que permitissem que seus funcionários trabalhassem em casa, se possível.

    Escolas, jardins de infância e faculdades serão fechados a partir da segunda-feira (16) até uma nova ordem, também acrescentou o presidente francês.

    Na quarta-feira (11), a Organização Mundial da Saúde (OMS), mudou a classificação do surto do novo coronavírus, e passou a tratar a questão como uma pandemia.

    Mais:

    'Se preparem': médicos italianos advertem Europa sobre o impacto de coronavírus nos hospitais
    Coronavírus: Trump afirma que todos os voos vindos da Europa estão suspensos por 30 dias
    Pandemia de novo coronavírus não tem necessariamente a ver com gravidade, diz infectologista
    Sobe para 76 o número de casos do novo coronavírus no Brasil
    Devido ao coronavírus, Bolsonaro deve pedir que população não participe de protesto do dia 15
    Tags:
    Organização Mundial da Saúde (OMS), OMS, França, Emmanuel Macron
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar