07:19 05 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    Coronavírus se espalha pelo mundo (498)
    120
    Nos siga no

    O Vaticano confirmou nesta sexta-feira (6) o primeiro caso do novo coronavírus na cidade-estado, ao mesmo tempo em que o papa Francisco se recupera de uma gripe. 

    Um paciente foi diagnosticado com COVID-19, doença provocado pelo vírus, na clínica de saúde que funciona dentro da cidade, informou o porta-voz do Vaticano, Matteo Bruni, segundo a agência AFP. 

    Várias medidas foram tomadas para evitar a disseminação do coronavírus entre os cerca de 450 residentes do pequeno estado. Escritórios do Vaticano foram fechados, assim como sua biblioteca. O hospital passou por um processo de higienização, embora a emergência tenha permanecido aberta. 

    Na semana passada, o papa, que tem 83 anos, apresentou sintomas de uma forte gripe, e surgiu a preocupação de que ele poderia estar infectado com o vírus. No entanto, seus testes deram negativo para a enfermidade.

    Francisco, que perdeu partes de um pulmão devido a uma doença respiratória quando era jovem, ainda está se recuperando. 

    A clínica é usada por moradores, padres e empregados do Vaticano, assim como seus familiares. Todas as pessoas que passaram pela clínica estão sendo contactadas. O papa tem um médico particular, por isso não utiliza as instalações do local. 

    Itália tem maior número de mortos  por coronavírus fora da China

    A Itália tem hoje o maior número de vítimas fatais pelo novo coronavírus fora da China: 148 pessoas morreram no país, com mais de 3.800 pessoas infectadas. A maioria dos empregados do Vaticano moram em Lazio, onde foram registrados 44 casos de COVID-19. 

    Na quinta-feira (5), o Vaticano disse que considerava mudanças na agenda do papa para "evitar a disseminação" do novo coronavírus, mas não informou se Francisco seria mantido afastado de multidões e deixaria de apertar as mãos de visitantes. 

    No Brasil, até o momento, foram confirmados nove casos do novo coronavírus. 

    Segundo os últimos dados, o número total de pessoas infectadas por COVID-19 no mundo inteiro atinge 98.704, com 3.383 mortes registradas. China, Coreia do Sul, Itália e Irã são os países mais afetados.

    Tema:
    Coronavírus se espalha pelo mundo (498)

    Mais:

    Coronavírus: 90% dos casos podem passar despercebidos, diz estudo
    Coronavírus deverá fazer cair investimento chinês no Brasil, diz analista
    Peru confirma 1º caso de coronavírus no país
    Trump não acredita em dados sobre coronavírus, mas EUA alocam US$ 8 bilhões para combater doença
    Navio da Marinha equatoriana entra em quarentena por causa de coronavírus, diz jornal
    Tags:
    Itália, saúde, surto, epidemia, doença, coronavírus chinês, novo coronavírus, Vaticano
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar