19:58 23 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    362
    Nos siga no

    Os dois príncipes emitiram hoje uma declaração conjunta através de um porta-voz no mesmo dia em que se realizará uma reunião de emergência convocada pela rainha Elizabeth II.

    Esta reunião, na qual participarão Elizabeth II, Harry, William e o pai de ambos, príncipe Charles, servirá para discutir o futuro do duque e duquesa de Sussex, depois de terem decidido inesperadamente abandonar os seus compromissos reais optando por uma vida independente.

    O príncipe William e seu irmão mais novo, príncipe Harry, emitiram essa declaração oficial condenando uma notícia "ofensiva e potencialmente prejudicial" publicada no jornal The Times desta manhã.

    "Apesar das negações claras, uma história falsa foi publicada hoje em um jornal do Reino Unido especulando sobre a relação entre o duque de Sussex e o duque de Cambridge", dizia o comunicado. "O uso de linguagem inflamatória dessa maneira é ofensivo e potencialmente prejudicial."

    O The Times noticiou, citando uma fonte anônima, que o duque de Cambridge "intimidou" seu irmão e a esposa dele Meghan por não gostar dela, fato que poderia ter sido fundamental para os Sussex tomarem a decisão de se afastar de seus deveres reais.

    O jornal ainda escreveu que o casal real se sentiu "afastado" da família real devido à atitude de "bullying" do príncipe William.

    A declaração ocorre no mesmo dia em que irá decorrer em Sandringham, Norfolk, no leste da Inglaterra, uma reunião com a presença da rainha Elizabeth II, do príncipe Charles, do príncipe William e do príncipe Harry para decidir as implicações da decisão dos Sussex. É provável que a esposa de Harry, Meghan, participe das negociações através de videoconferência do Canadá.

    Harry e Meghan surpreenderam o mundo ao anunciar que pretendem renunciar aos compromissos mais relevantes da família real e viver de uma forma mais independente.

    Segundo fontes próximas à monarca britânica, a rainha ficou decepcionada com essa decisão.

    Mais:

    Jorge Jesus depõe em Portugal em julgamento sobre agressão contra time do Sporting
    Bloco de carnaval termina em confusão generalizada no Rio de Janeiro (VÍDEOS)
    Maioria dos americanos acha que morte de Soleimani põe segurança dos EUA em risco
    Tags:
    Príncipe William, Príncipe Harry, príncipe, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar