12:36 28 Março 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    160
    Nos siga no

    O primeiro-ministro da Ucrânia, Aleksei Honcharuk, garantiu neste sábado que todas as famílias das vítimas do recente acidente envolvendo um avião da Ukraine International Airlines no Irã serão indenizadas.

    De acordo com o premiê, o Estado ucraniano pagará cerca de 8.350 dólares para cada família de passageiro morto no desastre desta semana. Além disso, a companhia aérea também irá reparar os familiares dos tripulantes que perderam a vida no incidente

    ​Honcharuk frisou que diplomatas ucranianos já estão trabalhando para determinar a melhor forma de obter compensações das autoridades.

    No último dia 8, o voo PS752, da Ukraine International Airlines, caiu pouco depois de decolar de Teerã, a caminho de Kiev, matando todas as 176 pessoas que estavam a bordo, incluindo cidadãos estrangeiros. A Ucrânia enviou investigadores para a região a fim de ajudar no inquérito que visa determinar os detalhes por trás do acidente e as respectivas responsabilizações. 

    ​Após muitas especulações sobre o que teria provocado a queda do Boeing 737 sobre a capital iraniana, o Irã admitiu, hoje, que seu exército abateu, acidentalmente, o avião, por erro humano. Em seguida, autoridades internacionais cobraram explicações a fim de garantir que o episódio tenha sido fruto realmente de uma ação involuntária.

    Mais:

    Resultados da investigação da queda do avião vêm à tona depois de instrução do líder iraniano
    Sistema de defesa antiaérea do Irã tomou avião por míssil de cruzeiro, segundo comandante iraniano
    Publicado VÍDEO do suposto lançamento do míssil que atingiu avião ucraniano no Irã
    Tags:
    vítimas, indenização, desastre, míssil, Boeing, avião, acidente, acidente aéreo, Kiev, Teerã, Ucrânia, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar