02:41 08 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Militares ucranianos em Donbass, 5 de fevereiro de 2017

    Correspondente da Sputnik reporta ter estado debaixo de fogo do Exército ucraniano em Donbass

    © AFP 2019 / Aleksey FILIPPOV
    Europa
    URL curta
    3154
    Nos siga no

    O jornalista freelancer da Sputnik Aleksandr Gayuk relatou que esteve sob fogo de militares ucranianos neste domingo (1°), no vilarejo de Kominternovo, em Donbass.

    "Sim, estivemos debaixo de fogo. Ouvimos uma explosão a 20-30 metros de nós, e depois eles começaram a usar armas ligeiras. Fomos forçados a deixar o local, não houve vítimas", comunicou Gayuk à Sputnik.

    Anteriormente, um representante da República Popular de Donetsk (RPD) no Centro Conjunto de Controle e Coordenação do Regime de Cessar-Fogo (JCCC) disse a repórteres que, neste domingo ocorreram violações do cessar-fogo por parte dos militares ucranianos na aldeia de Kominternovo, no sul da RPD, e que observadores da Missão Especial de Observação da OSCE e representantes da República estiveram sob fogo.

    "Hoje, às 12h15 [6h15 no horário de Brasília], um grupo operacional da representação da RPD no Centro de Monitoramento e Coordenação do Regime de Cessar-Fogo e observadores da missão da OSCE estiveram sob fogo de lança-granadas e de armas ligeiras por parte das forças militares da Ucrânia", disse o representante.

    O grupo chegou a Kominternovo para registrar as consequências do bombardeio de sábado (31), segundo o jornal Izvestia.

    É de notar que as forças militares ucranianas abriram fogo "apesar da trégua acordada pelas partes e das garantias de segurança anteriormente dadas pelo lado ucraniano ao JCCC".

    Violação do cessar-fogo

    O conflito armado na região de Donbass começou em 2014 após o golpe de Estado na Ucrânia nesse mesmo ano. Os residentes destes territórios manifestaram-se contra o novo governo e declararam a sua independência, unindo-se mais tarde nas autoproclamadas repúblicas populares de Donetsk e de Lugansk.

    Desde 21 de julho, está em vigor um cessar-fogo nesta área, mas as partes acusam-se constantemente de violar o acordo.

    Mais:

    Rússia agradece contribuição da Suíça para solução da crise no Donbass
    Presidente da Ucrânia promete retomar negociações sobre Donbass no formato de Normandia
    Donetsk denuncia violações da nova trégua em Donbass
    Tags:
    Centro Conjunto de Controle e Coordenação do regime de cessar-fogo Donbass, cessar-fogo, Donbass
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar