13:36 22 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Fumaça e fogo engolem a torre da Catedral de Notre-Dame em Paris.

    'Vaquinha' de empresas e bilionários arrecada R$3,08 bi para reconstrução de Notre-Dame

    © REUTERS / Benoit Tessier
    Europa
    URL curta
    0 10

    Várias empresas, incluindo a gigante da beleza L'Oreal e a companhia de bens de luxo LVMH, bancos e empresários poderosos prometeram nesta terça-feira doar 700 milhões de euros (R$3,08 bilhões) para restaurar a catedral medieval de Notre Dame, severamente devastada por um incêndio.

    A L'Oreal, a maior empresa de cosméticos do mundo, juntamente com a família Bettencourt Meyers, anunciou que doaria 200 milhões de euros. A empresa disse que foi "tocada pelo drama que reuniu culturas e crenças" em um comunicado divulgado em seu site. A mesma quantia foi prometida pela família do empresário bilionário francês Bernard Arnault, dono da LVMH, conforme anunciado em comunicado no Twitter.

    A Artemis, uma holding francesa, do empresário François-Henri Pinault, também prometeu doar 100 milhões de euros.

    "Essa tragédia atingiu todos os franceses e muito além, afetou todos os que se apegam aos valores espirituais", destacou Pinault. A gigante de petróleo e de gás Total, por sua vez, fez uma doação de 100 milhões de euros para a reconstrução da catedral centenária. "Fluctuat nec mergitur" [" balança, mas não afunda", o lema de Paris em latim]", twittou o CEO da empresa, Patrick Pouyanne.

    Bancos franceses também fizeram doações para a restauração da catedral. Segundo a imprensa francesa, as maiores contribuições foram feitas pela Societe Generale, uma multinacional francesa de investimentos e serviços financeiros, e pelo grupo bancário BPCE. Ambos doaram 10 milhões de euros cada.

    A prefeita de Paris, Anne Hidalgo anunciou a liberação de 50 milhões de euros para restaurar a catedral. Valerie Pecresse, presidente da região de Ile-de-France, na qual Paris está localizada, prometeu libertar 10 milhões de euros em "ajuda de emergência para ajudar a arquidiocese de [Paris] a fazer o trabalho inicial".

    A catedral gótica está localizada no coração da capital francesa e foi tomada pelas chamas na noite de segunda-feira. O edifício foi fortemente danificado pelo incêndio e 2/3 do telhado de madeira da catedral foram destruídos. A torre principal e o relógio desabaram, mas as duas torres principais foram salvas.

    Tags:
    BPCE, LVMH, L'Oreal, Total, Bettencourt Meyers, Valerie Pecresse, Patrick Pouyanne, Bernard Arnault, Anne Hidalgo, Paris
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar