07:25 25 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Manifestante pró-UE protesta contra o Brexit em frente ao Parlamento em Londres (novembro de 2017)

    França alerta que pode votar contra novo prazo para Brexit

    © AP Photo / Kirsty Wigglesworth
    Europa
    URL curta
    3 0 0

    A França alertou nesta quarta-feira (20) que pode votar contra a exigência da Grã-Bretanha por uma prorrogação da sua data de saída da UE, a menos que Theresa May apresente uma estratégia de saída confiável para os líderes europeus.

    "Uma situação em que a Sra. May é incapaz de fornecer garantias suficientes sobre a credibilidade de sua estratégia na reunião do Conselho Europeu faria com que a solicitação seja recusada e uma preferência por um não acordo [de saída da União Europeia]", disse o ministro das Relações Exteriores Jean-Yves Le Drian.

    As declarações aumentaram a pressão sobre a primeira-ministra britânica antes de uma reunião de líderes europeus em Bruxelas, que começa na quinta-feira, quando o Brexit está no topo da agenda.

    Le Drian disse que uma prorrogação do prazo de 29 de março só seria concedida se May concordasse com três condições.

    Primeiro, que qualquer prorrogação seja dada apenas para aprovar um acordo de saída negociado entre May e os outros 27 membros da União Européia.

    Em segundo lugar, que não haverá renegociação.

    E em terceiro lugar, que a Grã-Bretanha não participará das eleições para o Parlamento Europeu, programadas para 23 a 26 de maio.

    Com apenas nove dias restantes até a data oficial do Brexit, a premiê britânica pediu à União Europeia que saída do bloco seja adiada até 30 de junho. A decisão está na mão dos 27 Estados que fazem parte do bloco europeu, que precisam aprovar de maneira unânime o adiamento.

    Mais:

    Caso Skripal serviu para distrair opinião pública do Brexit, diz chancelaria russa
    Eurasia: Theresa May tem 20% de chance de aprovar 'Brexit suave' no Parlamento
    Irlanda publica legislação para Brexit sem acordo
    Juncker diz estar 'desanimado' com negociações do Brexit
    Tensões comerciais e Brexit são riscos para economia dos EUA, diz Fed
    Tags:
    Jean-Yves Le Drian, Theresa May, Grã-Bretanha, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar