07:11 27 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    535
    Nos siga no

    Os serviços de inteligência britânicos acreditam que os terroristas poderiam tentar organizar células adormecidas em Londres, Manchester, Birmingham e outras áreas com grandes populações muçulmanas, informou o Daily Star.

    Uma fonte disse ao Daily Star que as pessoas que retornam ao Reino Unido são "indivíduos duros, possivelmente traumatizados, que são efetivamente viciados em brigas" depois de sobreviver a meses e possivelmente anos de guerra.

    O MI5 do Reino Unido supostamente teme que centenas de apoiadores do Daesh* tenham formado grupos determinados a levar o terrorismo às ruas de quase todas as cidades britânicas.

    "Essas pessoas não vão apenas desistir da luta — travar a jihad é a vida delas. Haverá uma calma antes da tempestade quando elas começarem a se recrutar e se organizar, mas a tempestade está chegando", disse a fonte ao jornal.

    Estimativas do MI5 calculam cerca de mil homens e mulheres britânicos ainda na Síria tentando voltar para casa.

    A ameaça terrorista permanece alta no Reino Unido após uma série de ataques terroristas sangrentos. Os ataques a transeuntes na ponte de Westminster em Londres e ao Parlamento, bem como o atentado a Manchester Arena durante um show da cantora Ariana Grande assustaram o país e fez aumentar o alerta para a ameaça terrorista em território britânico.

     


    *Daesh (também conhecido como Estado Islâmico) é um grupo terrorista proibido na Rússia

     

    Tags:
    jihad, MI5, Parlamento britânico, Daily Star, Daesh, Estado Islâmico, Ariana Grande, Westminster, Birmingham, Manchester, Londres, Síria, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar