01:23 02 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Europa
    URL curta
    0 0 0
    Nos siga no

    O Instituto Nacional de Estatística (ONS) também divulgou que os ganhos reais na Grã-Bretanha estão crescendo no ritmo mais rápido desde o final de 2016.

    O emprego no Reino Unido voltou a um recorde em outubro, apesar da incerteza prolongada trazida pelo Brexit, revelaram dados do ONS nesta terça-feira. Pesquisadores descobriram que cerca de 32,5 milhões de britânicos estão trabalhando entre agosto e outubro, quase 400 mil a mais que o mesmo período de 2017.

    Comentando sobre os dados positivos sobre o emprego, o estatístico do ONS, Mark Hughes, observou que a recente onda de crescimento no emprego foi impulsionada por um aumento dos trabalhadores em tempo integral. Além disso, ele relatou que a taxa de desemprego permaneceu relativamente constante, acrescentando que o aumento do desemprego foi resultado de uma queda na taxa de inatividade.

    "Os ganhos reais estão crescendo mais rapidamente do que em qualquer outra época desde o final de 2016", disse Hughes na terça-feira.

    Enquanto isso, a libra esterlina sofreu nova forte queda de 0,5% em relação ao dólar dos EUA, após a primeira-ministra Theresa May ter adiado a votação parlamentar sobre seu acordo do Brexit.

    A libra sofreu quedas mais profundas contra as principais moedas no mercado FOREX ao longo das negociações e após o resultado do referendo de 2016, com investidores alarmados com a perspectiva de a Grã-Bretanha se retirar da União Europeia (UE) sem acordo. Ainda não está claro exatamente quando a votação ocorrerá, mas um porta-voz do governo disse na terça-feira que os parlamentares vão votar o acordo antes de 21 de janeiro.

    Tags:
    Instituto Nacional de Estatística, FOREX, União Europeia, Mark Hughes, Theresa May, Grã-Bretanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar