08:08 16 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Sede da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) em Bruxelas, na Bélgica (arquivo)

    Humanidade deve ser salva da OTAN, diz senador russo

    © Sputnik / Yuriy Somov
    Europa
    URL curta
    7120

    O chefe da Comissão de Relações Exteriores do senado russo, Konstantin Kosachev, comentando a entrevista do ex-secretário geral da OTAN, Anders Fogh Rasmussen, a uma rádio polonesa, disse que a humanidade deve ser salva da OTAN.

    Mais cedo, a mídia relatou que Rasmussen, em entrevista a uma rádio polonesa, notou que ele não tinha dúvida de que a Rússia pressionaria a Bielorrússia, enfatizando que o desejo da Rússia de integrar a Bielorrússia na Rússia certamente representa uma ameaça.

    Além disso, Rasmussen acrescentou que os bielorrussos têm a chance de determinar seu próprio futuro, apesar da Bielorrússia ainda não ser um Estado democrático. A Bielorrússia poderá desempenhar um "papel muito interessante" no futuro, porque está localizada ente a Europa e a Rússia. Ele também solicitou que ela se orientasse pela experiência da Geórgia ou da Ucrânia.

    A UE e a OTAN estão interessadas na perspectiva de incluir a Bielorrússia em suas fileiras, disse Rasmussen.

    Kosachev comentou essas declarações de Rasmussen em sua página no Facebook. Ele enfatizou que, durante duas décadas, a OTAN empurra aberta e descaradamente as autoridades da Geórgia e da Ucrânia para a adesão à Aliança, consistentemente violando o ato fundador Rússia-OTAN, que implica a rejeição da instalação permanente de forças armadas e armamentos substanciais no território dos novos membros da OTAN.

    "Por que diz ele [Anders Fogh Rasmussen] tudo isso? Provavelmente, ele acredita que o fim justifica os meios, e que uma 'mentira piedosa' é aceitável a até nobre. E que as nações vizinhas devem ser salvas da Rússia, incluindo agora a Bielorrússia. Na verdade, é a humanidade que deve ser salva da OTAN. Ela enterrou o princípio da indivisibilidade da segurança na Europa", escreveu Kosachev.

    O senador russo também lembrou como a OTAN bombardeou um Estado europeu soberano com o objetivo de incentivar o separatismo no Kosovo. Sem a menor cerimônia, ela vai além das suas competências em todo o mundo.

    Mais:

    Ações da OTAN estão trazendo problemas à Europa Oriental, diz presidente da Bielorrússia
    Tensão vem aí: Parlamento do Kosovo quer criar Exército Nacional, diz mídia
    Tags:
    humanidade, OTAN, Anders Fogh Rasmussen, Konstantin Kosachev, Kosovo, Bielorrússia, Geórgia, UE, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik