08:45 15 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    As válvulas do encanamento de gás são vistos no posto de gasolina não muito longe de Kiev, em 4 de março de 2014

    Especialista: gás americano não pode competir com gás russo

    © AFP 2018 / ANDREY SINITSIN
    Europa
    URL curta
    3130

    Os senadores norte-americanos, Chris Murphy e Ron Johnson, propuseram um projeto de lei que visa combater a "influência prejudicial da Rússia" na UE, bem como garantir a segurança energética da Europa.

    Os autores da iniciativa enfatizam que esta medida contribuirá para a "diversificação do mercado europeu".

    O Sputnik discutiu este tema com um especialista em mercado de petróleo e professor de economia da European Business School, Mamdouh Salameh.

    "Dado o crescente sentimento anti-russo no Congresso, bem como as tentativas dos EUA de contestar o poder energético da Rússia, e os interesses pessoais dos Estados Unidos em relação ao domínio russo no mercado europeu de gás, eu acredito que a adoção desta lei é bastante provável", disse o especialista ao Sputnik.

    Ele também afirmou que o projeto de lei é de interesse dos EUA. Washington deseja substituir o gás russo, fornecido à União Européia, por seu gás natural liquefeito (GNL).

    No entanto, o economista lembrou que, apesar das tentativas da UE de diversificar suas fontes de energia, a Rússia continua a fornecer 224 bilhões de metros cúbicos de gás por ano, o que representa quase 40% da demanda européia. Este número continua a crescer e o controle da Rússia sobre o fornecimento de gás para a Europa aumentará, disse o especialista.

    "Sob nenhuma circunstância o gás americano poderá competir com o gás russo. A indústria de gás russa está totalmente integrada e a Rússia tem a segunda maior reserva de gás natural do mundo e os menores custos de produção", disse ele.

    Mais:

    Erdogan: Turquia continuará comprando gás iraniano apesar das sanções dos EUA
    Empresa russa realiza primeira entrega de gás natural liquefeito ao Brasil
    Túnel para transporte de gás da Rússia para China mostra primeiros sinais de vida
    Frente al-Nusra tem condições de produzir gás de cloro na Síria
    Embaixador ucraniano admite desentendimento entre Kiev e Berlim referente ao gás russo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik