22:05 24 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Serbian Prime Minister Aleksandar Vucic speaks during a press conference in Belgrade, Serbia, Thursday, April 27, 2017

    Polêmica: presidente da Sérvia diz que Milosevic era um grande líder na Iugoslávia

    © AP Photo / Darko Vojinovic
    Europa
    URL curta
    4113

    O ex-presidente da Sérvia no seio da Iugoslávia e da República Federal da Iugoslávia, Slobodan Milosevic, foi um grande líder e aspirava o melhor, mas as suas aspirações colidiram com o que outros povos queriam, disse neste domingo o atual presidente sérvio, Aleksander Vucic.

    "Milosevic foi um grande líder da Sérvia, as suas próprias intenções eram, sem dúvida, o melhor, mas nossos resultados foram os piores, não porque quisesse, mas porque o que ele queria não era real, uma vez que foi ignorado e subestimado pelos interesses e aspirações de outras nações", afirmou o presidente sérvio.

    Vucic foi incapaz de visitar neste domingo uma aldeia de Banje, ao sul do rio Ibar que divide a Sérvia e áreas albanesas do Kosovo e Metohija, depois de centenas de veteranos do Exército de Libertação do Kosovo (UCK) bloquearam com caminhões, tratores e troncos as rotas que levam a essa aldeia habitada por sérvios.

    O presidente lembrou que "quase 30 anos atrás, não muito longe daqui, centenas de milhares de pessoas, e Slobodan Milosevic foi, então, grande o suficiente para reunir esse número [de pessoas] em Gazimestan" para um discurso "famoso ou infame, dependendo de quem e como interpretá-lo" e, finalmente, "todas essas centenas de milhares, com fé e convicção cantaram" 'Quem diz que a Sérvia é pequena'.

    "Essa canção fala de três guerras, e então, tivemos mais guerras, e não culpa nossa, mas não só por culpa alheia, uma vez oficialmente e não oficialmente estávamos ajudando nossos irmãos, e os sérvios foram mortos em Knin, em Sarajevo, em Pristina", denunciou o presidente da Sérvia.

    Em 28 de junho de 1989, em Gazimestan, foi celebrado o 600º aniversário da batalha contra os turcos otomanos perto de Pristina.

    Vucic disse que nesses locais sérvios vivem atualmente muito menos do que antes, especialmente em Sarajevo, sendo o seu número 50 vezes menor.

    O presidente sérvio ocupou o cargo de Ministro da Informação entre 1998 e 2000 durante a presidência de Milosevic.

    Milosevic, julgado pelo Tribunal Penal Internacional por crimes de guerra, conduziu sua própria defesa no julgamento de duração de cinco anos, que terminou sem um veredicto após a morte do acusado, que ocorreu em uma cela de prisão em Haia em 11 de março de 2006.

    O tribunal negou toda a responsabilidade pela morte do ex-líder da Iugoslávia, aos 65 anos, que sofria de doença cardíaca, mas os detalhes da sua morte não foram investigados.

    Tags:
    sérvios, crimes de guerra, violência, guerra, Slobodan Milosevic, Alexander Vucic, Kosovo, Iugoslávia, Sérvia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik