10:45 18 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Ativistas bloqueiam acesso na fronteira entre Ucrânia e Crimeia

    Chefe do Parlamento da Crimeia alerta sobre ameaça terrorista nas fronteiras da Rússia

    © AFP 2018 / GENYA SAVILOV
    Europa
    URL curta
    4121

    Ucrânia ameaça a segurança da Rússia e de seus cidadãos, disse o presidente do parlamento da Crimeia, Vladimir Konstantinov, comentando o assassinato do chefe da autoproclamada República Popular de Donetsk (RPD), Aleksandr Zakharchenko.

    "A enorme base do terrorismo, formada ao longo da fronteira do nosso país, ameaça a segurança da Rússia e de seus cidadãos. Eliminar essa ameaça é uma obrigação do nosso Estado", escreveu o líder parlamentar em sua conta no Facebook.

    Kostantinov recordou que a Rússia possui uma vasta experiência de forçar o respeito à paz com diferentes agressores.

    "Não podemos permitir que eles continuem derramando o sangue do povo de Donbass, que continuem a matar impunemente e, em seguida, zombem dos corpos", sublinhou o político.

    Zakharchenko morreu nesta sexta-feira, durante uma explosão no centro de Donetsk, a capital da RPD.

    A explosão no centro de Donetsk também causou a morte de um guarda-costas de Zakharchenko e feriu enquanto o Ministro de Receitas e Impostos da RPD, Alexander Timofeyev.

    De acordo com os dados do serviço de emergência, um total de 11 pessoas ficaram feridas pela explosão, que as autoridades da RPD descreveram como um ataque terrorista.

    As atoridades acrescentaram que os suspeitos pelo assassinato já foram detidos e culparam Kiev pelo incidente.

    Mais:

    Explosão que matou líder da República de Donetsk causa 2ª morte
    Novo líder de Donetsk promete integração com a Rússia
    Explosão que matou líder da República Democrática de Donetsk vitimou 11 pessoas
    Vida e morte de Aleksandr Zakharchenko, Líder da República Popular de Donetsk
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik