19:00 24 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Ponto de passagem na fronteira russo-ucraniana (foto do arquivo)

    General ucraniano propõe rompimento total dos laços entre Kiev e Moscou

    © Sputnik / Aleksandr Polegenko
    Europa
    URL curta
    3310

    A Ucrânia deve fechar completamente a fronteira com a Rússia, rompendo todos os laços bilaterais, afirma o ex-chefe do Estado-Maior do Serviço de Segurança Ucraniano (SBU), Vasily Vovk.

    Em sua opinião, as autoridades ucranianas devem tratar da questão do corte de relações e fazê-lo "de forma clara e inequívoca".

    "Se vamos fechar as comunicações ferroviárias — então fechemos tudo. Cancele-se todas as relações, quaisquer travessias da fronteira com a Rússia. Deveria ser assim se estamos em estado de guerra", disse ele, citado pelo portal Obozrevatel.

    Ademais, o general chamou a parar toda a interação financeira com Rússia e a bloquear o comércio.

    Mais cedo foi informado que o Ministério do Transporte da Ucrânia está estudando a possibilidade de cortar as comunicações ferroviárias com a Rússia. Entretanto, segundo as estatísticas, a ligação de trem entre Moscou e Kiev foi a mais rentável em 2017.

    Os deputados ucranianos têm apresentado repetidamente propostas para fazer frente à Rússia na região do mar de Azov. Assim, em julho, a Suprema Rada (Parlamento da Ucrânia) propôs a rescisão do acordo de cooperação na utilização do mar de Azov e do estreito de Kerch.

    No final de maio, o partido político ucraniano UKROP (Associação Ucraniana de Patriotas) apelou a cortar as relações com a Rússia e a impor sanções contra todos os portos russos nos mares Negro e de Azov. Além disso, os deputados sugeriram que o governo proteja a navegação civil nas águas do mar de Azov e do estreito de Kerch com navios militares e garanta o patrulhamento marítimo.

    Mais:

    Ex-premiê da Ucrânia compara salários de ucranianos a trabalho escravo do Antigo Egito
    Ucrânia testa tanque capaz de 'destruir blindados inimigos a 5 km' (VÍDEO)
    Senador tcheco compara Ucrânia com 'buraco negro'
    Hackers notificam planos de Kiev de contaminar Donbass com substâncias radioativas
    Tags:
    forças especiais, meios de comunicação, laços comerciais, relações bilaterais, Serviço de Segurança da Ucrânia (SBU), Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik