10:33 25 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Ponte destruida na cidade italiana de Gênova

    É revelada causa do desabamento da ponte italiana

    © REUTERS / Local Team via Reuters TV
    Europa
    URL curta
    5131

    O desabamento da ponte Morandi, na cidade italiana de Gênova, aconteceu por causa de erro humano, declarou no dia 15 de agosto o procurador da cidade Francesco Cozzi à Sputnik.

    "Não se trata de uma coincidência fatídica", sublinhou, acrescentando que o Ministério Público ainda precisa reunir documentos e testemunhos relacionados à construção e à manutenção da estrutura.

    Ponte destruída na cidade de Gênova, no norte da Itália
    © REUTERS / Serviço de imprensa dos bombeiros italianos
    Anteriormente, o ministro do Desenvolvimento Econômico e vice-primeiro-ministro italiano, Luigi Di Maio, responsabilizou a empresa Autostrade per l'Italia — que faz manutenção das estradas do país — pela tragédia. Segundo ele, o Ministério da Infraestrutura e Transporte italiano já deu início à rescisão do contrato com a empresa.

    A Autostrade per l'Italia divulgou que "realizaram obras de fortificação dos suportes do viaduto", desmentindo informação sobre estado perigoso da construção.

    Uma parte da ponte em Gênova de comprimento de 200 metros desabou no dia 14 de agosto, levando a vida de 37 pessoas e deixando ao menos 13 feridas.

    A ponte, conhecida também como o viaduto de Polcevera, localizava-se em cima de uma zona industrial, de uma ferrovia e de um rio. Construída em 1968, a ponte foi reconstruída dois anos atrás, em 2016.

    Mais:

    Sobe para 31 número de vítimas de desabamento de ponte na Itália
    Putin se solidariza com vítimas de desmoronamento de ponte na Itália
    Acidente de ônibus no Equador deixa ao menos 23 pessoas mortas
    Polícia confirma morte de 20 passageiros no acidente de avião em Alpes
    Tags:
    desabamento, causa, responsabilidade, ponte, Gênova, Itália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar