20:55 12 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Navios no estreito de Kerch que liga o mar Negro e o mar de Azov, Rússia

    Ucrânia se prepara para interceptar navios russos

    © Foto: Krimski Most
    Europa
    URL curta
    10424

    Kiev planeja impor sanções em relação aos portos russos em resposta à detenção de navios ucranianos no mar de Azov, relatou o portal ucraniano Apostrof, citando Vladimir Omelyan, ministro da Infraestrutura da Ucrânia.

    Segundo Omelyan, o país já está negociando sobre o assunto com a União Europeia e os EUA.

    "Na minha opinião, devem ser aplicadas medidas proporcionais aos portos da Federação da Rússia na bacia do mar Negro: restringir as operações comerciais com eles, limitar as entradas de navios. Estamos trabalhando nisso e espero que isso seja feito", afirmou o ministro. 

    Anteriormente, o presidente ucraniano, Pyotr Poroshenko, disse que a Rússia poderia atacar Mariupol e outros portos no mar de Azov. Ele observou que ultimamente a Rússia aumentou o número de inspeções de navios que vão para os portos ucranianos.

    A situação na região piorou após a abertura da ponte da Crimeia. As autoridades ucranianas anunciaram o fortalecimento de seu agrupamento naval na área do mar de Azov. Em 2 de julho, o comandante da Marinha ucraniana disse que, em breve, a frota do país pode vir a incluir navios blindados dotados de equipamento "inesperado".

    Em abril, o governo ucraniano apoiou a iniciativa do Ministério da Infraestrutura de proibir completamente a entrada de navios russos nas águas internas da Ucrânia.

    Mais:

    EUA se tornaram os principais importadores de armas pequenas da Ucrânia
    Pentágono se prepara para firmar novos contratos militares com Ucrânia?
    Ex-comandante da Marinha da Ucrânia propõe minar mar de Azov
    Tags:
    portos, navios, Pyotr Poroshenko, Crimeia, Mar Negro, Mar de Azov, Rússia, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik