22:18 19 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Bonecas de madeira russos tradicionais chamadas Matryoshkas representando o presidente dos EUA, Donald Trump e o presidente russo Vladimir Putin à venda em uma loja de souvenirs em São Petersburgo, Rússia.

    Trump deve 'desafiar' Putin durante encontro, afirma senador dos EUA

    © AP Photo / Dmitri Lovetsky
    Europa
    URL curta
    509

    O senador republicano Lindsey Graham recomendou que o presidente Donald Trump "desafie" o presidente russo Vladimir Putin durante o encontro entre os dois presidentes em Helsinque. Ele sugere que o desafio seja feito sobre a suposta intromissão da Rússia na eleição presidencial dos EUA em 2016.

    "Quando Putin negar que esteve envolvido em nossa eleição em 2016, rejeite a negação — desafie-o. Não deixe que ele negue o óbvio. Eles ainda estão tentando atrapalhar o ciclo eleitoral de 2018", disse Graham ao canal Fox News.

    A comunidade de inteligência dos EUA concluiu em janeiro que a Rússia influenciar a eleição presidencial de 2016 para ajudar o então candidato Trump a vencer sua rival democrata Hillary Clinton. 

    O Congresso dos EUA e o Gabinete do Conselho Especial Robert Mueller investigaram essas alegações, que incluem a ideia de que a equipe de campanha de Trump conspirou com autoridades russas para afetar o resultado da votação.

    A Rússia nega as acusações de interferência, bem como as alegações de conluio com a campanha de Trump, dizendo que elas são infundadas.

    Trump também rejeitou as alegações de conluio com Moscou, e criticou a investigação de Mueller, chamando-a de caça às bruxas.

    Putin e Trump devem se encontrar no dia 16 de julho em Helsinque para discutir as relações bilaterais e várias questões internacionais. Será a primeira reunião completa entre ambos desde que Trump assumiu o cargo, em janeiro de 2017.

    Tags:
    encontro bilateral, interferência estrangeira, interferência russa, FOX News, Hillary Clinton, Donald Trump, Vladimir Putin, Moscou, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik