23:42 18 Junho 2018
Ouvir Rádio
    Nesta foto disponibilizada pelo governo federal alemão, a chanceler alemã Angela Merkel fala com os EUA. O presidente Donald Trump é visto sentado à direita durante a Cúpula dos Líderes do G7 em La Malbaie, Quebec, Canadá.

    União Europeia promete retaliação aos EUA com tarifas de US$ 3,3 bilhões

    © AP Photo / Jesco Denzel
    Europa
    URL curta
    5130

    A União Europeia (UE) vai impor tarifas no valor de € 2,8 bilhões (US$ 3,3 bilhões) a bens vindos dos Estados Unidos, depois que Washington aplicar tarifas de aço e alumínio da Europa, segundo as agências AFP e a Reuters.

    As medidas serão adotadas pela Comissão Europeia, cuja próxima reunião agendada é 20 de junho, segundo a Reuters. As tarifas devem estar em vigor no final de junho ou início de julho.

    "Os Estados-membros hoje apoiaram unanimemente o plano da comissão para a adoção de medidas de reequilíbrio nas tarifas dos EUA sobre o aço e o alumínio", disse uma fonte da Comissão Europeia à AFP, sob condição de anonimato.

    "A UE exercerá seus direitos sobre os produtos norte-americanos avaliados em até 2,8 bilhões de euros (US$ 3,3 bilhões) em comércio, conforme notificado à OMC", acrescentou a fonte da comissão na mesma entrevista.

    As medidas de retaliação atingirão as emblemáticas exportações americanas, como as motocicletas Harley-Davidson, o uísque bourbon, o jeans e outros produtos.

    Os EUA recentemente impuseram tarifas sobre aço e alumínio provenientes de seus aliados na União Europeia, no México e no Canadá. As penalidades comerciais, 25% sobre o aço importado e 10% sobre o alumínio importado, entraram em vigor em 1º de junho.

    Mais:

    Parlamentar alemão: 'Tarifas dos EUA visam resolver problemas econômicos domésticos'
    Novas tarifas dos EUA podem reduzir exportações europeias de aço em 50%
    Senador: novas tarifas comerciais dos EUA são 'abuso de poder' de Trump
    Tags:
    diplomacia, protecionismo, tarifas, guerra comercial, retaliação, Harley-Davidson, OMC, União Europeia, Donald Trump, Europa, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik