08:20 24 Junho 2018
Ouvir Rádio
    US Präsident Donald Trump und sein Kollege aus Frankreich Emmanuel Macron bei der Konferenz in Paris

    Trump não deve forçar Irã a sair do acordo nuclear, diz Macron

    © AP Photo / Carolyn Kaster
    Europa
    URL curta
    213

    O presidente da França, Emmanuel Macron, declarou nesta quinta-feira (7) que o líder norte-americano, Donald Trump, não deve impedir que os outros participantes do Plano de Ação Global Conjunto (JCPOA) mantenham o acordo nuclear com o Irã.

    "Não evitar que outras pessoas o mantenham [o acordo nuclear] e não empurrar o Irã para fora dele. Essa é a melhor opção que temos hoje", disse Macron a repórteres.

    O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, havia declarado anteriormente que os EUA "não permitirão que o Irã desenvolva uma arma nuclear", acrescentando que o Irã está ciente da determinação de Washington.

    Assinado em 2015, o JCPOA, conhecido como acordo nuclear iraniano, está em vigor desde janeiro de 2016. O acordo aponta a diminuição paulatina das sanções econômicas e diplomáticas impostas ao Irã pelo Ocidente em troca de Teerã garantir a natureza pacífica de seu programa nuclear.

    No início de maio, o presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou que os Estados Unidos sairiam do acordo, impondo novamente as sanções dos EUA a Teerã e aumentando a tensão entre os países e no Oriente Médio.

    Mais:

    Como empresas europeias se veem forçadas a dar as costas ao Irã por causa dos EUA?
    Pompeo: EUA não permitirão que Irã desenvolva arma nuclear
    UE pede aos EUA para excluir empresas do pacote de sanções contra Irã
    Líbano: Hezbollah e Irã não se retirarão da Síria enquanto nela houver terroristas
    Tags:
    Plano Abrangente de Ação Conjunta, acordo nuclear, Donald Trump, Emmanuel Macron, Irã, EUA, França
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik